O ciclista russo Ilnur Zakarin (Katusha Alpecin) venceu esta sexta-feira isolado a 13.ª etapa da Volta a Itália, após a longa subida para o Lago Serrù, em Ceresole Reale, enquanto o esloveno Jan Polanc (UAE Emirates) segurou a liderança.

Na conclusão de uma fuga, Zakarin cumpriu os 196 quilómetros de percurso iniciado em Pinerolo em 5:34.40 horas, cruzando a meta da primeira grande etapa nos Alpes com 35 segundos de avanço sobre o espanhol Mikel Nieve (Mitchelton-Scott) e 1.20 minutos em relação ao também espanhol Mikel Landa (Movistar), segundo e terceiro, respetivamente.

O colombiano Richard Carapaz (Movistar), a 1.38, o holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo), a 1.45, e o polaco Rafal Majka (BORA-hansgrohe), a 2.07, o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) e o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain Merida), ambos a 2.07, terminaram nas posições seguintes.

Polanc, que terminou a etapa em 15.º, a 4.39 do vencedor, conservou a camisola rosa, mantendo o comando, com 2.25 minutos de vantagem sobre Roglic, enquanto Zakarin ascendeu a terceiro, a 2.56, à frente de Mollema, Nibali, Carapaz, Majka e Landa, que deu um salto de nove posições.