Dark Mode 113kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Em caso de greve, há postos onde pode abastecer o seu veículo. Em Lisboa são 48, no Porto 41

Greve está convocada para 12 de agosto, o que pode obrigar à declaração de crise energética. Se assim for, a lei obriga a que seja conhecida a Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA).

i

Na última greve, houve corrida às bombas o que deixou muitos postos de combustível com falhas no abastecimento

RUI MINDERICO/LUSA

Na última greve, houve corrida às bombas o que deixou muitos postos de combustível com falhas no abastecimento

RUI MINDERICO/LUSA

Pelo sim, pelo não, e porque a lei assim o obriga, já é conhecida a lista de postos de abastecimento de combustível que estarão a funcionar em caso de haver uma crise energética. No total, para os veículos em geral, estarão disponíveis 48 bombas no distrito de Lisboa, 41 no do Porto, 28 no de Setúbal, 23 no de Aveiro e outras 23 no de Leiria. No Algarve, haverá um total de 22 postos de abastecimentos preparados para o pior, zona onde a população triplica no verão. No total há mais 16 postos do que na última greve.

Pode consultar aqui lista dos postos de abastecimento dos veículos em geral.

E aqui encontra a listas dos postos de abastecimento para veículos prioritários.

Esta lista, da responsabilidade da ENSE — Entidade Nacional Para o Setor Energético, surge na sequência da greve marcada pelos sindicatos dos motoristas de mercadorias depois de na quarta-feira não terem chegado a acordo com a Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM). Com início a 12 de agosto, a greve está marcada por tempo indeterminado.

Como não houve acordo entre as duas partes, será o Governo a estabelecer os serviços mínimos, tal como aconteceu na greve anterior. Mas Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já aconselhou os portugueses a abastecer os carros antes da greve: “Temos todos de nos preparar.”

Como a ENSE explica no seu site, através de comunicado assinado pelo presidente Filipe Meirinho, no contexto de uma crise energética a lei estabelece que sejam aplicadas “medidas de carácter excecional”. Uma delas é que a “Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA), com identificação de todos os postos, deve ser afixadas em local bem visível, em todos os postos de abastecimento do continente”.

Assim, a lista foi divulgada esta sexta-feira para o caso de a greve avançar e a crise energética ser decretada. Durante a última greve de motoristas houve uma corrida às bombas que deixou o muitos postos de combustível com falhas no abastecimento de alguns produtos, em particular gasóleo.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.