Depois de um longo período de negociações, o novo filme de Martin Scorsese não estreará nas salas de cinema portuguesas, avança o jornal Público. “O Irlandês”, que retrata o mundo das máfias norte-americanas com a presença dos atores Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, será exibido somente na plataforma da Netflix, detentora dos direitos sobre o filme, a partir do dia 27 de novembro, data da estreia mundial anunciada pelo serviço de streaming.

A “guerra” entre as distribuidoras de filmes e o gigante norte-americano do streaming intensificou-se a partir do momento em que a Netflix passou a investir cada vez mais em projetos que pretendem concorrer a grandes prémios do cinema. Na origem dessa guerra também está uma divergência de fundo: as distribuidoras, por norma, praticam a exibição exclusiva, enquanto a Netflix não concorda com este tipo de regime.

“Não concordamos com a não existência de janelas de exibição [exclusivas] ou de janelas de exibição de uma semana”, defendeu Gil Santos, da distribuidora Pris Audiovisuais, em entrevista ao Público. “Em Portugal, a Netflix está a comportar-se como inimiga do cinema”, completou o dono da Midas Filmes, Pedro Borges.

Nos Estados Unidos, o filme será exibido em duas cadeias, a AMC Theatres e a Cineplex, a 1 de novembro, 26 dias antes da estreia mundial na plataforma online. A Film Nation, empresa responsável pela distribuição internacional do filme, tentava um acordo que determinava a estreia apenas um dia antes da mundial, a 26 de novembro, num regime “nulo ou diminuto”. “Só se fosse igual aos EUA equacionaríamos fazê-lo — e só depois de consultar os nossos parceiros, os exibidores”, disse Gil Santos.

Foi isso que aconteceu com a estreia do filme “Roma”, em Portugal, do mexicano Alfonso Cuáron, vencedor do prémio de Melhor Filme Estrangeiro nos Óscares de 2018. Exibido apenas em sete salas em toda Portugal, o cinema Ideal foi um dos que acataram ao acordo.

Pedro Borges, da Midas, conclui que a empresa de streaming “não tem respeito pelos portugueses. Só quer fazer cinema para ganhar subscritores e, em última análise, não tem respeito pelos filmes. A Netflix não sente que precisa de estrear em sala em Portugal”, afirmou o representante da distribuidora ao Público.

“O Irlandês” estreia no dia 27 de novembro na plataforma da Netlix em Portugal.