Portugal desceu do quinto para o sexto lugar do ranking da FIFA, divulgado esta quinta-feira pelo organismo regulador do futebol mundial, numa lista que continua a ser liderado pela Bélgica, seguida da França e do Brasil.

A seleção das ‘quinas’ voltou a trocar de posição com o Uruguai, estando agora com menos 10 pontos do que a seleção sul-americana, e menos 19 do que a Inglaterra, que é quarta.

A Colômbia, treinada por Carlos Queiroz, desceu do nono para o 10.º lugar, por troca com a Argentina, enquanto a Espanha ocupa a oitava posição, atrás da Croácia, que subiu um lugar, e está a apenas um ponto de Portugal.

Entre as outras seleções com técnicos portugueses, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, desceu duas posições para o 39.º lugar, os Camarões, treinados por António Conceição, subiram da posição 53 para a 52, e o Burkina Faso, orientado por Paulo Duarte, subiu uma posição, para o 60.º posto.

O Bahrain, treinado por Hélio Sousa e que no mês passado era 105.º classificado, subiu quatro posições e é a primeira seleção fora do ‘top-100’, no lugar 101.

Entre os países de língua oficial portuguesa, para além do Brasil, que detém o 3º lugar, Cabo Verde tem a segunda melhor posição, no 77.º lugar, seguindo de Moçambique, Angola e Guiné-Bissau, no 112.º, 120.º e 123.º lugares, respetivamente, enquanto São Tomé e Príncipe é 180.º, e Timor-Leste 198.º.

Ranking da FIFA em 24 de outubro:

1. (1) Bélgica, 1.755

2. (2) França, 1.726

3. (3) Brasil, 1.715

4. (4) Inglaterra, 1.651

5. (6) Uruguai, 1.642

6. (5) Portugal, 1.632

7. (8) Croácia, 1.631

8. (7) Espanha, 1.625

9. (10) Argentina, 1.617

10.(9) Colômbia, 1.615

(…)

39. (37) Coreia do Sul, 1.466

51. (52) Camarões, 1.409

60. (61) Burkina Faso, 1.378

77. (78) Cabo Verde, 1.319

101. (105). Bahrain, 1.220

112. (112) Moçambique, 1.181

120. (121) Angola, 1.161

123. (123) Guiné-Bissau, 1.155

180. (190) São Tomé e Príncipe, 934

183. (184) Macau, 922

198. (199) Timor-Leste, 879