A tempestade subtropical Rebekah vai atingir, durante a madrugada desta sexta-feira, os Açores. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) acredita que não existem razões para alarme, uma vez que o Rebekah passará a norte do arquipélago como uma depressão extra tropical, depois de ter perdido as “características tropicais, explicou o meteorologista Carlos Ramalho, do IPMA em Ponta Delgada, à TSF.

Ainda assim, espera-se “um aumento da intensidade do vento, em especial nas Flores e no Corvo”, durante a madrugada e manhã de sexta-feira. Para essas duas ilhas, o IPMA prevê que as rajadas possam chegar aos 85 quilómetros por hora.

O Rebekah começou a formar-se a cerca de 1.609 quilómetros a sudoeste de Cabo Verde, movendo-se depois em direção ao Atlântico central. O Centro Nacional de Furações dos Estados Unidos da América (NHC) está a prever que a tempestade continue a mover-se para noroeste com pouca ou nenhuma alteração de força durante esta quinta-feira. O fenómeno meteorológico deverá começar a enfraquecer durante a noite ou de madrugada, altura em que passará a ser uma depressão extra tropical.

Neste momento, o fenómeno meteorológico encontra-se a noroeste dos Açores, deslocando-se a uma velocidade de 13 quilómetros por hora, segundo a informação disponibilizada pelo NHC.