O governo são-tomense anunciou esta segunda-feira uma série de investimentos privados estrangeiros para arrancar em 2020, avaliados em cerca de 14,5 milhões de euros, indica uma nota da Agencia de Promoção de investimentos (APCI) a que a Lusa teve acesso.

De acordo com a APCI, os projetos incluem uma fábrica têxtil para artigos de exportação, unidades de hotelaria e de exploração de inertes. Fonte da instituição disse à Lusa que entre as unidades hoteleiras incluídas nos projetos contam-se a construção de um hotel de cinco estrelas na Lagoa azul e outro na Praia Tartaruga, ambos no norte de São Tomé.

“Após um ano de trabalho de intensa colaboração com organismos nacionais envolvidos, a APCI submeteu ao conselho de ministros um conjunto de projetos para aprovação. Depois de analisados, os referidos projetos foram aprovados e encaminhados para a direção do património para assinatura dos respetivos contratos administrativos de investimentos”, refere a mesma nota.

De acordo com o documento, esses investimentos vão criar, no conjunto, mais de 935 empregos diretos e 163 empregos indiretos.

A nota de imprensa da Agência de Promoção de Investimentos sublinha ainda que os “serviços de seguimento irão acompanhar a execução destes projetos para velar pelo cumprimento das clausulas acordadas, nomeadamente no que diz respeito aos postos de trabalho criados”.