( em atualização)

O FC Porto foi punido com um jogo à porta fechada pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, de acordo com o que o jornal O Jogo conseguiu apurar junto de fontes ligadas ao processo.

Em causa está a agressão a um agente desportivo na final da Taça de Portugal, a 29 de maio de 2019.

A punição foi aplicada pela secção não profissional do órgão de disciplina, tendo em conta um ato de ofensa corporal.