A cantora norte-americana Taylor Swift vestiu-se de homem no “videoclip” de apresentação do seu novo single – “The Man” – onde imagina como seria a sua vida se, em vez de uma mulher, fosse um homem branco de sucesso.

A artista de 30 anos mascarou-se de homem, com a ajuda de algumas camadas maquilhagem e figurinos mais masculinos, e produziu um “videoclip” onde a figura principal é o “alter ego” de Taylor Swift, um homem de sucesso “tipo macho alfa”.

A artista compara a vida de um homem branco de sucesso e a vida de uma mulher branca na mesma posição, criticando a sociedade por ter dois pesos e duas medidas consoante o género, tanto no desporto, como no cinema e até no mundo empresarial.

“Estou tão farta de correr/ Tão rápido quanto possível/ Perguntando se chegaria lá mais depressa/ Se fosse um homem”, canta Taylor Swift, assumindo, como já é seu hábito, uma posição feminista e crítica da sociedade machista que trata homens e mulheres de forma diferente.