Os astronautas do programa Apollo (1961 a 1972), aquele que os levou à Lua, tinham à sua disposição um furgão similar aos que na época serviam os correios ou os vendedores de gelados, denominado astronaut transfer van. Mais tarde, entre 1981 e 2011, o programa do Space Shuttle recorreu à Astrovan, uma motorhome que os transportava até ao vaivém espacial, que os colocava em órbita, a eles e às 400 toneladas necessárias para construir a Estação Espacial Internacional (EEI).

3 fotos

A Astrovan de 1981 foi produzida pela Airstream, um dos mais conhecidos fabricantes americanos de roulottes e motorhomes, com as versões mais sofisticadas e caras a serem revestidas com a característica folha de alumínio que as fazia brilhar à distância e as tornava inconfundíveis.

Após praticamente 10 anos sem voos da NASA a partir dos EUA, uma vez que entretanto os americanos recorreram aos foguetões russos Soyuz para chegar à EEI, eis que em 2020 um foguetão da SpaceX, equipado com a cápsula Crew Dragon, volta a descolar dos EUA rumo à EEI. O dono da SpaceX é o mesmo que gere a Tesla, Elon Musk, sendo igualmente o seu maior accionista e o mentor tecnológico.

7 fotos

Daí que não fosse surpresa que nos voos da NASA operados pela SpaceX, o Tesla Model X passasse a ser o veículo oficial para o transporte dos astronautas, ou seja, a mais recente versão da Astrovan. O SUV da Tesla vai assim usufruir de um tipo de publicidade a que nenhum outro fabricante consegue fazer frente, pelo menos nestas condições, uma vez que não há outro CEO que acumule, em simultâneo, o controlo de uma marca de automóveis e de um fabricante de foguetões.