Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Depois do setor do retalho e das praias, os cacifos inteligentes da Bloq.it vão chegar às escolas. Através de uma parceria com a empresa de material mobiliário escolar Nautilus, a startup portuguesa desenvolveu uma solução que promete aos alunos guardar livros, malas, cadernos e até computadores nos cacifos, reduzindo o contacto com os responsáveis da instituição e evitando tocar neles com as mãos ou usando chaves. Como? Ativando-os remotamente.

A startup explica que os cacifos inteligentes podem ser abertos através de um QR code (uma espécie de código de barras digital) e vêm incorporados com dispositivos que permitem carregar telemóveis ou computadores lá dentro. Estes cacifos estão disponíveis para os vários ciclos de estudo e faixas etárias dos alunos, porque o design e imagem customizáveis. Não representam custos para os alunos, pois a sua gestão terá de ficar a cargo das escolas.

“Com o início de um novo ano letivo atípico, é agora ainda mais importante reforçar a higienização dos espaços escolares e a proteção dos alunos, para que as instituições de ensino não sejam vistas como potenciais locais de contágio ou de exposição ao vírus”, refere Pedro Chung, responsável pelo desenvolvimento de negócio da Bloq.it.

A Bloq.it foi fundada em 2019 e no primeiro ano de atividade realizou vários projetos piloto, levando a tecnologia dos cacifos inteligentes a praia, a centros comerciais (através de uma parceria com a Sonae Sierra) e às ruas de Lisboa. Durante a última edição da Web Summit, a Bloq.it foi eleita pelo público como a startup mais inovadora.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR