Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Portugal tem duas novas estrelas Michelin: uma no restaurante Eneko Lisboa, do multi-estrelado chef espanhol Eneko Atxa, e outra no 100 Maneiras, espaço de Ljubomir Stanisic, mediático cozinheiro de origem bósnia.

No atípico ano de 2020, em pleno contexto de pandemia, o famoso guia gastronómico decidiu realizar a habitual gala de divulgação dos novos galardoados em formato digital, sendo esta transmitida a partir da Real Casa de Correos, na Puerta del Sol, em Madrid, via streaming. Como o Observador já tinha noticiado em novembro deste ano, o guia trouxe novidades para Portugal — mas não só em termos de estrelas. A segunda maior distinção que a Michelin entrega aos restaurantes, o chamado Bib Gourmand, também viu um crescimento modesto em terras portuguesas. Aos 35 que já existiam no guia anterior juntam-se mais cinco: o Avista, no Funchal (chef Benoit Sinthon); o algarvio Check-In Faro (chef Leonel Pereira); O Frade, em Lisboa (chef Carlos Afonso); e o portuense Semea by Euskalduna (chef Vasco Coelho Santos).

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.