O Novo Banco concluiu a venda de 100% da sua gestora de fundos e pensões em Espanha, a Novo Activos Financieros España, S.A. (NAFE), por 12,9 milhões de euros, adiantou a instituição, em comunicado ao mercado.

Na nota, publicada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Novo Banco anuncia “através da sua subsidiária GNB Gestão de Ativos, S.A” a “conclusão da venda da totalidade do capital social da Novo Activos Financieros España, S.A. (NAFE) à Team & Work 5000, S.L. que por sua vez detém 100% do capital social da Trea Asset Management, S.G.I.I.C., S.A., por um montante total de 12,9 milhões de euros”.

A NAFE detém “a totalidade do capital social da Novo Banco Gestion, S.G.I.I.C., S.A. e Novo Banco Pensiones, S.G.I.I.C., S.A.”, indicou a instituição liderada por António Ramalho, revelando que “em novembro de 2020 os ativos sob gestão ascendiam a 678 milhões de euros”.

“A venda tem um impacto positivo esperado na demonstração de resultados de 2020, de aproximadamente 3,5 milhões de euros”, segundo a mesma nota, que assegura que “esta transação representa mais um marco relevante no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário doméstico”.

Há cerca de um ano, o Novo Banco anunciou que tinha vendido a gestora à espanhola Trea Asset Management, sem divulgar valores.

A Trea Asset Management é “uma das principais gestoras independentes na Gestão de Ativos Financeiros em Espanha” e com esta operação ultrapassa os 5.000 milhões de euros de ativos sob gestão.