814kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Conseguir desligar das obrigações? Brindemos a isso

Este artigo tem mais de 1 ano

Quando foi a última vez que parou? Que deixou o telemóvel de lado, as obrigações para depois e simplesmente aproveitou algum tempo para si? Se não se lembra é porque chegou a altura de o fazer.

Listas, compromissos, exigências, rotinas, “To Do’s”… são as palavras de ordem no dia a dia. O trabalho e as obrigações são tantas que, por vezes, nos esquecemos do mais importante: apreciar as pequenas coisas e tirar tempo para nós e para as nossas pessoas. E se uma bebida lhe trouxesse esta sensação de paz e fosse capaz de o levar para mais junto das pessoas e dos momentos que lhe fazem bem?

Royal Bliss é a mais recente marca da Coca-Cola. Para além de uma gama sofisticada de mixers, surge com a vontade de ajudar os consumidores a desfrutarem mais. Em casa, fora dela, com os amigos, com o companheiro, ou até mesmo na própria companhia. No passado dia 30 de maio, na La Distillerie, teve lugar a apresentação desta nova marca, com a presença de representantes, convidados e o barman e mixologista espanhol, Sergio Estevez. E foi precisamente num ambiente descontraído que foram dados a conhecer os seis sabores disponíveis em todos os canais de distribuição a nível nacional, continente e ilhas, nos formatos de lata e garrafa.

“A essência da Royal Bliss enquanto marca é simples: desfrutar. Desfrutar do momento sem qualquer preocupação. Sim, todos estamos habituados a desfrutar fora de casa, mas uma coisa que vamos querer trabalhar muito é saber desfrutar deste produto também dentro de casa. Unwind, é isto que a Royal Bliss quer trazer. Hoje em dia, existem os ventos que sopram sempre para fazermos tudo mais rápido, com mais stress, e, portanto, o que Royal Bliss quer fazer é mudar a direção do vento. Parar, abrandar e desfrutar. Não só queremos acompanhar os consumidores neste momento, como queremos incentivá-los a fazerem-no”, começou por dizer João Pedro Clemente, responsável de marketing da Coca Cola em Portugal, acrescentando: “Esta é uma categoria que já existe há muitos anos em Portugal, está extremamente madura, e a verdade é que temos tónicas para todos os gostos. A Royal Bliss traz este look and feel sofisticado, com uma linguagem mais moderna e arrojada. Pretendemos romper com aquilo que foi, até agora, a dinâmica da categoria. Os consumidores portugueses gostam de experimentar. E toda esta experiência que oferecemos e toda a nossa mensagem, é o que nos diferencia”.

Já para Ana Claudia Ruiz, Diretora-Geral da Coca-Cola Portugal, este é um momento “muito importante. Apresentamos um conceito diferente e esta marca vem acrescentar ao nosso portefólio, ao mesmo tempo que nos permite estar mais presentes nos momentos de consumo. É um produto super versátil que dá para brincar muito, que traz criatividade e alegria à vida. Conseguimos, agora, dar ao consumidor uma oferta ainda mais completa”, afirma.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No que ao mote da campanha diz respeito, a Diretora-Geral partilha que este surge de uma proximidade às necessidades do consumidor: “Somos uma marca que ouve o consumidor, que quer saber o que ele pensa e está a sentir. E atualmente, com as redes sociais, com esta necessidade de estarmos sempre conectados, surge também esta vontade de parar. Nós precisamos de descansar, de desconectar, de voltar aos momentos de raiz. E é a partir desta necessidade que surge esta campanha”.

Apresentações feitas, foi altura de conhecer os sabores. Sergio Estevez subiu a palco e assumiu esta tarefa, destacando que “muita gente, quando pensa em Royal Bliss, pensa numa marca de Tónicas. Mas esta não é, exclusivamente, uma marca de Tónicas. Royal Bliss é uma gama de mixers premium, um refresco que está pensado para se misturar com bebidas alcoólicas. Esta é uma marca muito rica em matizes e com aromas 100% naturais. E este é o segredo”.

6 sabores, 6 possibilidades de parar

Seis é a conta que a Royal Bliss fez para oferecer aos seus consumidores sabores únicos e capazes de satisfazer até os paladares mais exigentes:

•   Signature Tonic Water – Tónica de perfil clássico;

•   Signature Tonic Water Zero Açúcar – É zero açúcar, com 100% de aromas naturais;

•   Aromatic Berry – Tónica com notas de frutos vermelhos e jasmim;

•   Tonic Water – De sabor mais leve e refrescante, com notas de lima e erva-príncipe;

•   Lemon Mixer – Sabor bem equilibrado e intenso com limão, lima e toranja;

•   Ginger Ale – O sabor é leve, mas envolve o paladar com toques de gengibre doce, cítricos e herbais que remetem para o alecrim e o pinheiro.

Conhecidos os sabores fica a faltar prová-los! E foi precisamente o que aconteceu, depois de apresentada a gama. O piso 0 da La Distillerie foi ocupado e foi na zona do bar que Sergio Estevez apresentou duas receitas que combinavam não só a gama Royal Bliss, como também produtos portugueses.

Com receita, não há desculpa

Mostrar Esconder

Se está sempre a arranjar desculpas para não parar, chegou a altura de parar de o fazer. Comecemos pelo “Porto Bliss” – que, como o nome indica, junta a Tónica Royal Bliss Signature com o inconfundível Vinho do Porto. Vai precisar de: 7 cls. Porto Tawny; 20 cls. Tónica Royal Bliss Signature; 1 casca de laranja; e 1 Flush de perfume de Cardamomo.

Já para a 2ª receita, o “Blisseirão”, vai acrescentar à lista: 5 cls. Licor Beirão; 20 cls. Royal Bliss Ginger Ale; Casca de Lima; e 1 ramo de Alecrim.

Com sabores conhecidos – e provados -, esta foi a forma ideal para terminar a tarde, com a noção de que parar é realmente importante e que o podemos fazer até no conforto da nossa casa. Este foi o pontapé de partida para a marca. Para o futuro fica apenas o desejo de “existir sempre um Royal Bliss em qualquer casa, em qualquer festa, em qualquer momento. E que as pessoas, quando pensarem que querem algo diferente, pensem nestes produtos”, projeta Ana Claudia Ruiz.

No seu grupo de amigos, qual destes amigos seria?

Vamos imaginar que faz parte de um grupo de 6 amigos e que, em cima da mesa, tem as 6 opções Royal Bliss. Perguntámos ao mixologista e barman, Sergio Estevez, qual a melhor opção para cada pessoa:

– Amigo jovem que está a começar a sua viagem pelo mundo do Gin Tónico – Tonic Water;

– Amigo mais maduro, com o paladar apurado no que ao Gin Tónico diz respeito, e que quer inovar, mas sem abandonar esse sabor amargo e intenso, tão característico – Signature Tonic Water;

– Amigo preocupado com a sua imagem e que quer cortar nos açúcares – Signature Tonic Water Zero Açúcar;

– Amigo que gosta muito do sabor a frutas e que procura uma experiência muito diferente – Aromatic Berry;

– Amigo consumidor de Whisky e Rum, que já está cansado de misturas mais clássicas e procura algo diferente – Ginger Ale;

– Amigo que procura sabores refrescantes e cítricos – Lemon Mixer.

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos