763kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Derrocada de prédio em Lisboa fez dois feridos ligeiros

A derrocada de um prédio na Calçada da Picheleira, na zona do Beato, em Lisboa, provocou dois feridos ligeiros. O desabamento ocorreu às 1h05 e, no 1º andar, estavam duas idosas e uma mãe e filha.

Derrocada de prédio em Lisboa fez dois feridos ligeiros
i

Quatro viaturas foram também atingidas pela derrocada do prédio

Regimento de Sapadores Bombeiros - Lisboa

Quatro viaturas foram também atingidas pela derrocada do prédio

Regimento de Sapadores Bombeiros - Lisboa

Um edifício em obras desabou esta segunda-feira de madrugada na Calçada da Picheleira, na zona do Beato, em Lisboa, atingindo edifícios contíguos, causando dois feridos ligeiros, disse à Lusa fonte da PSP e da proteção civil da Câmara.

A diretora do Serviço Municipal de Proteção Civil, Margarida Castro Martins, disse à Lusa que um edifício desabou às 1h05 para cima de edifícios contíguos.

A derrocada atingiu um prédio onde estavam, no 1.º andar quatro pessoas, duas idosas e uma mãe e filha, adiantou a fonte.

“Duas pessoas idosas ficaram soterradas e foram transportadas pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o hospital de São José. As outras duas pessoas, filha e neta, encontram-se bem”, adiantou.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os dois idosos vão manter-se em observação no hospital, mas o seu estado não inspira cuidados, segundo a proteção civil municipal.

“Não inspiram cuidados. A senhora partiu um pé”, afirmou.

Prédio ficou sem condições de habitabilidade

O edifício não está em risco estrutural e vai ser alvo de trabalhos de proteção temporária da cobertura, informou fonte da Proteção Civil municipal.

“O edifício confinante ficou sem condições de habitabilidade, a água foi cortada e a cobertura foi parcialmente destruída. Não existem indícios de risco estrutural”, adiantou à Lusa a diretora do Serviço Municipal de Proteção Civil, Margarida Castro Martins.

De acordo com a representante, vão ser realizados trabalhos de proteção temporária da cobertura deste edifício afetado e de limpeza dos escombros.

“Aguardam-se meios do dono de obra/empreiteiro para iniciar trabalhos de demolição controlada da empena que não caiu”, referiu.

As pessoas afetadas pela derrocada “têm por enquanto alternativa habitacional em casa de familiares”, segundo Margarida Castro Martins.

Quatro viaturas foram também atingidas pela derrocada do prédio.

De acordo com a rede social Facebook, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, estavam no local às 6h45, 38 operacionais, apoiados por 12 viaturas.

O Regimento Sapadores de Bombeiros de Lisboa indica no seu site que mobilizou para o local vários meios e operacionais, entre os quais a Unidade Cinotécnica e a “equipa de drones” para buscas suplementares, não tendo sido detetadas mais nenhumas vítimas.

Vote no jornalismo independente.

Assine o Observador com 45% de desconto.

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver oferta

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.