818kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Os Prémios BPI Fundação “la Caixa” são atribuídos anualmente com o fim de apoiar projetos de instituições privadas sem fins lucrativos.
Com um forte compromisso com o presente e o futuro de todos, estes Prémios focam-se nos programas de maior impacto transformador.
Capacitar, Solidário, Seniores e Infância são os quatro prémios existentes.
Ainda este ano, pode submeter o seu projeto para os Prémios Seniores e Infância. Se acredita que pode fazer a diferença, é altura de agarrar a oportunidade.
i

Getty Images

Getty Images

Prémios BPI Fundação “la Caixa”: Ajudar quem Ajuda

De olhos postos na construção de uma sociedade mais justa, equitativa e solidária, proporcionando um maior número de oportunidades. Foi assim que nasceram os Prémios BPI Fundação “la Caixa”.

De olhos postos na construção de uma sociedade mais justa, equitativa e solidária, proporcionando um maior número de oportunidades. Foi assim que nasceram os Prémios BPI Fundação “la Caixa”.

Mas afinal, em que consistem? Trata-se de uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação “la Caixa” de apoio financeiro a projetos de instituições privadas sem fins lucrativos, para projetos que se proponham a ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade e que promovam a melhoria da qualidade de vida e a igualdade de oportunidades das pessoas residentes em Portugal.

Só em 2023, os Prémios atribuíram uma dotação total de 4,8 milhões de euros para apoiar mais de 18 mil beneficiários em situação de vulnerabilidade. Desde 2010, os Prémios entregaram mais de 32 milhões de euros para a implementação de 1.035 projetos de inclusão social. Os projetos apoiados já ajudaram mais de 213 mil pessoas.

32000000

total atribuído aos projetos vencedores

1035

total de projetos implementados

213000

total de pessoas apoiadas

São quatro os prémios que todos os anos abrem candidaturas para que novos projetos possam emergir, dois ainda estão com candidaturas abertas para que tente a sua sorte. Por isso, aponte na agenda: Prémio Seniores, de 16 de abril a 20 de maio e Prémio Infância, de 21 de maio a 24 de junho.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Prémio BPI Fundação “la Caixa” Seniores

Autonomia pessoal, envelhecimento ativo e o bem-estar de pessoas com mais de 65 anos. Este é o foco de mais uma edição do Prémio Seniores que tem uma dotação de 1,4 milhões de euros. Porque é importante cuidar de quem já cuidou de nós, este Prémio surge com o objetivo de apoiar projetos que ajudam os mais idosos a serem uma parte ativa da comunidade, combatendo, assim, o isolamento e estimulando a prevenção de situações de fragilidade e doença. Em causa estão apoios máximos de 50.000€ para projetos até um ano, e de 100.000€ para projetos até 2 anos.

A verdade é que os números falam por si. Apenas na edição do ano passado, 196 foi o número de candidaturas e 38 os projetos premiados que melhoraram a vida de mais de 4.000 pessoas.

No total das 11 edições do Prémio Seniores, foram premiados 326 projetos no valor de cerca de 8,9 milhões de euros, beneficiando mais de 72 mil pessoas.

Os projetos premiados ao longo das várias edições incentivam a dinamização de hábitos de vida saudáveis, atividades de estimulação cognitiva, acesso a serviços básicos, promoção da saúde mental, melhoria das condições de vida e de saúde das pessoas em situação de doença ou em cuidados paliativos, bem como apoio aos familiares. Fatores como a inovação e a criatividade são tidos em conta quando chega a hora de escolher os projetos vencedores. Importa ainda referir que a avaliação das candidaturas é feita de forma objetiva, com base nas linhas prioritárias estabelecidas, e conta com um júri e, ainda, colaboradores ou reformados do BPI que, em regime de voluntariado, reúnem com as instituições candidatas.

Prémio BPI Fundação “la Caixa” Infância

São cinco as edições que já fizeram a diferença na vida de crianças ao longo de todo o país. Nesta 6.ª edição, o objetivo mantém-se o mesmo: apoiar projetos de inclusão social que visem quebrar o ciclo de pobreza e facilitar o desenvolvimento social e educativo na infância e adolescência, favorecendo a igualdade de oportunidades.

Desde o seu lançamento, em 2019, o Prémio Infância já apoiou um total de 155 projetos no valor de 5 milhões de euros, beneficiando mais de 35 mil crianças.

Com uma dotação de 1,4 milhões de euros, podem candidatar-se todas as instituições privadas sem fins lucrativos que apresentem respostas sociais devidamente estruturadas nas áreas do desenvolvimento social e educativo na infância e adolescência. Até agora, os projetos distinguidos têm oferecido respostas sociais em áreas prioritárias como o apoio à primeira infância, incluindo o desenvolvimento de competências parentais; incentivos ao reforço escolar e a ações que promovam a inclusão social através do desporto ou da arte; soluções integrais para crianças com múltiplos fatores de vulnerabilidade; apoios de saúde e higiene infantil; promoção da saúde mental; e melhoria da qualidade de vida de crianças que sofrem de várias doenças.

Na edição de 2023, das 121 candidaturas, foram selecionados 39 projetos vencedores que receberam em média mais de 36 mil euros de um total de 1,4 milhões de euros. Foram apoiados mais de 9 mil crianças e adolescentes.

Seja para a geração que nos ensina sobre o passado ou para aquela que será o nosso futuro, chegou a altura de arriscar o seu projeto e trazer a sua ideia para o centro do debate. A mudança começa quando arriscamos. Por nós e pelos outros. Faça a diferença na vida de quem mais precisa e o primeiro passo será dado, rumo a um futuro possível. Esclareça todas as suas dúvidas e candidate-se, aqui!

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos