331kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

Manuel Villaverde Cabral

Colunista

Cientista social com vasta obra sobre a sociedade portuguesa e com intervenção pública desde o tempo da ditadura, foi exilado político e é actualmente Investigador Emérito do Instituto de Ciências Sociais tendo sido também director do Instituto do Envelhecimento da Universidade de Lisboa. Foi colunista semanal do “Público” e do “Diário de Notícias” bem como comentador da TSF e da TVI.

Artigos publicados

Orçamento do Estado

A farsa do orçamento

Desde a saúde à domesticação das Ordens das profissões liberais, o trio partidário que nos governa não tem feito outra coisa se não estatizar e burocratizar todas as actividades em que põe a mão.
Autárquicas 2021

E agora?

Perante a situação dramática do país abre-se uma possibilidade de mudança que só pode vir dos partidos políticos: a substituição da actual «caranguejola» por uma genuína aliança demo-liberal.
Autárquicas 2021

A vitória de Pirro do PS

A eleição de Moedas não só abriu uma janela aos partidos e movimentos de oposição ao actual governo como forneceu aos partidos centristas tradicionais – o PSD e o CDS – uma nova credibilidade política
Autárquicas 2021

O que são as eleições autárquicas?

Só há uma forma de actualizar os cadernos eleitorais, quase 50 anos após o primeiro recenseamento: fazer um novo cadastro eleitoral em vez das actuais manipulações de óbitos, nascimentos e emigrantes
Impostos

A última promessa eleitoral do PS

Trocar uns quantos milhares de contribuintes de um escalão para outro, fazendo-lhes crer na redução dos impostos a pagar, é uma mistificação indigna na véspera das eleições autárquicas.
Afeganistão

E se não fosse bem assim?

Enquanto as boas almas protestam contra a atabalhoada saída dos EUA não se apercebem da prevalência cultural islâmica que explica muito do conflito mantido pela maioria desses países contra o Ocidente
População e Censos

A noite demográfica

Nenhum governo tomou quaisquer medidas para incentivar a natalidade, excepto esperar por uma imigração tanto mais escassa quanto a economia estagna.
População e Censos

O retrato de Portugal

Os custos do envelhecimento serão pagos pelo prolongamento da idade da reforma e pela redução do seu montante… Com a economia anémica que temos, estas deviam ser as principais preocupações do governo.
História

Otelo e a “revolução” de Abril

Houve ou não uma “revolução” em Portugal? Lamento informar que não houve entre nós revolução alguma. Alguma luta pelo poder, talvez, mas nada que faça de Otelo um exemplo de romantismo revolucionário.
Política

Daqui até às eleições autárquicas

Estou bem colocado para saber que tanto o anterior presidente como o actual ignoraram o estudo que eles próprios apoiaram sobre o gravíssimo problema do envelhecimento da população da capital.
Governo

O lamaçal

Nada leva a crer na mudança das clientelas que vivem de projectos inúteis e da corrupção com que os dinheiros públicos têm sido desbaratados desde o tempo de Sócrates.
Justiça

O caso Berardo

Tudo leva a crer que Berardo e a colecção de Belém são apenas operações convenientes da CGD e do BCP com vista a uma gigantesca operação bancária pouco anterior à crise desencadeada por José Sócrates.
Livros

A teoria da «colapsologia»

Se a situação demográfica nacional já era extrema antes da pandemia, depois desta será ainda pior e com efeitos previsíveis. Quem paga as pensões? Quem paga a saúde? Quem paga as creches e escolas?   
Estado Novo

A polémica da semana

O que mais me admirou nas intervenções de Nuno Palma é que, em vez de as publicar nas revistas apropriadas, tenha optado por apresentar as conclusões numa sessão do Movimento Europa e Liberdade.
Governo

Monsieur le Président…

Se os próprios prevaricadores e os outros beneficiários de nomeações inadequadas não têm a hombridade de se demitirem, a única coisa que o sr. Presidente pode fazer é demitir o Governo.
Câmara Municipal Lisboa

A culpa não é o Medina!

Como sabemos, em Portugal não há «opinião pública». Se houvesse, Medina já se tinha demitido, como outros dos seus colegas do PS que continuam a agarrar-se como lapas ao governo de António Costa.
Educação

Outro problema sem solução…

O envelhecimento cada vez maior da população faz com que a percentagem de pessoas com níveis de literacia muito baixos continue a ser o pior da Europa.
Censura

Com a verdade me enganas!

Com a rede de controlos amarrados em volta dos órgãos privados de comunicação, mais aquela que virá agora submetê-los, bem podemos dizer adeus à modesta liberdade que nos restava: «O rei vai nu»!
Demografia

O maior problema do país

O que é efectivamente maior entre nós, é a falta de substituição das gerações, ou seja, a relutância das mulheres jovens em ter filhos. Trata-se de uma profunda crise de expectativas.
Maioria de Esquerda

O país no impasse

Paira sobre o país uma descrença completa na capacidade do actual sistema partidário produzir soluções positivas para a generalidade dos problemas que o país tem acumulado desde o início do séc. XXI.
A página está a demorar muito tempo.