379kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Ricardo Dias de Sousa

Convidado

Artigos publicados

Oficina da Liberdade

Este país não é para fedelhos

Nas últimas décadas, os governos que não se cansaram de referir a sua paixão ora pela Educação ora pela Juventude estiveram (e estão-se) marimbando para as mesmas.
Oficina da Liberdade

Galileu, um Negacionista?

A resposta não pode estar dependente de Galileu ter tido razão. Que sucede quando o negacionista não tem razão ou quando não consegue demonstrar que a tem? Não continua a ser errada a condenação?
Oficina da Liberdade

A traição moral de Anacleto

São traidores aos olhos inquisidores do trotskista aburguesado pelas poltronas aveludadas do Banco de Portugal os que gritam que o rei economista-planificador-social vai nu e que essa nudez é imoral.
Oficina da Liberdade

A traição política de Anacleto

Toda a gente apareceu para votar e toda a gente votou nos comunistas. Como não gostar do sufrágio universal nestes casos? Não são os votos que contam, mas quem conta os votos.
Oficina da Liberdade

A traição histórica de Anacleto

A traição dos liberais aparenta ter sido mais ao Socialismo que ao Liberarismo e só se justifica para quem considere que o verdadeiro Liberalismo é o Socialismo, uma óbvia contradição de termos.
Oficina da Liberdade

Iago Saraiva de Carvalho

Se Portugal chegou tarde à festa do Estado do Bem-Estar, Otelo conseguiu a proeza de chegar muito para lá da hora à política terrorista de extrema-esquerda.
Oficina da Liberdade

A censura democrática

A eleição democrática deveria ser vista como instrumento a que só se deve recorrer nos casos em que os indivíduos não têm a possibilidade de fazer escolhas individuais.
Oficina da Liberdade

Agarra que é ladrão!

Como é que o Banco de Portugal e o Ministério das Finanças não se aperceberam (ou não actuaram) para impedir a crescente sobrevalorização dos activos do BES até se tornar insustentável?
Oficina da Liberdade

A Champions Socialisgue

A necessidade de captar audiências mais vastas num regime verdadeiramente concorrencial reduziria a componente política-nacionalista-socialista que actualmente envolve o futebol.
Oficina da Liberdade

Os idiotas úteis

O argumento de que os “privilegiados” devem pagar aos outros serve para manter a máquina de ordenhar do Estado a pleno rendimento sobre uma população que paga impostos como se de nórdicos se tratassem
Oficina da Liberdade

O Admirável Mundo Velho

Este Capitalismo de “Parte Interessada” não passa de uma justificação para alargar o espectro de privilegiados que vivem à custa da riqueza produzida empresarialmente pelos demais indivíduos.
Oficina da Liberdade

Uma vacina contra a estupidez

A questão que os cidadãos devem colocar é se merece a pena serem cúmplices em restringir a liberdade dos seus concidadãos para nada.
Oficina da Liberdade

Bitcoin é moeda fiat

Não existe nenhum dinheiro que possa ser imposto por decreto.
Oficina da Liberdade

O Camelo

Percebo que o espaço não-socialista ande confundido, este manifesto é prova disso mesmo. Não só perdem o espaço conservador para o Chega, como se arriscam a perder o liberal.
Oficina da Liberdade

O segredo da prosperidade

Aqueles que condenam a marca que os seres humanos imprimem no planeta, se não são sociopatas, estão convencidos que se pode manter o nível de conforto e segurança sem condenar multidões à escravidão.
Oficina da Liberdade

Agora somos todos fascistas

O fascismo volta em força pela mão dos autodenominados anti-fascistas e dos idiotas úteis, que julgam que os valores liberais se podem defender através do Estado.
Oficina da Liberdade

Crédito é Favor

Qualquer governo pretende controlar as instituições financeiras, isto é, o dinheiro e o crédito, de forma a condicionar o aparecimento de redes de favores rivais.
Oficina da Liberdade

O dinheiro é a raiz do Estado

Não só o Estado não criou o dinheiro como, em última análise, é uma criatura deste. É nesse sentido que podemos afirmar que o dinheiro é a raiz de todos os males.
Oficina da Liberdade

Fábulas intervencionistas na Comunicação Social

Quando alguém afirma que a lei da oferta e da procura não funciona está a dizer que não funciona da maneira como essa pessoa gostaria ou esperaria que funcionasse.
Oficina da Liberdade

Serviço público é habitualmente extorsão

A maioria dos cidadãos não faz ideia do nível de extorsão que suporta, muitos julgam que são só os outros quem paga. A ignorância pode ser sinónimo de felicidade mas nunca de prosperidade generalizada
A página está a demorar muito tempo.