Logo Observador
FIFA

Comité de Ética da FIFA pede irradiação de dois antigos líderes federativos

O Comité de Ética da FIFA pediu a pena de irradiação para os ex-presidentes das federações da Guatemala e da Costa Rica, que respondem por acusações de corrupção.

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O Comité de Ética da FIFA pediu a pena de irradiação para os ex-presidentes das federações da Guatemala e da Costa Rica, que respondem por acusações de corrupção, anunciou esta quarta-feira o organismo regulador do futebol mundial.

O guatemalteco Brayan Jimenez e o costa-riquenho Eduardo Li já se declararam culpados nos Estados Unidos, no âmbito da investigação desencadeada pelo departamento de justiça norte-americano a casos de corrupção no futebol, tendo a FIFA como epicentro.

Li foi detido em maio de 2015, em Zurique, Suíça, em conjunto com outros dirigentes de topo da FIFA, enquanto Jimenez foi detido em janeiro de 2016, na Guatemala, e extraditado para os Estados Unidos, em março desse ano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Terrorismo

A enorme minoria

Bernardo Sacadura

É difícil continuar a sustentar que é apenas uma minoria islâmica irrelevante a que defende os atentados terroristas. A atuação destas células também não seria possível se não tivessem cúmplices.