Timor-Leste

PD e Fretilin com nova reunião após debate inconclusivo sobre futuro governo timorense

As delegações da Fretilin e do PD reuniram-se para discutir os primeiros cenários que podem levar à formação do próximo Governo timorense, no entanto, sem resultados conclusivos.

Apesar das duas partes confirmarem que se vão voltar a reunir ainda não está marcada essa nova ronda de contactos

NUNO VEIGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Delegações da Fretilin e do PD, respetivamente primeiro e quarto partidos mais votados nas legislativas de 22 de julho, reuniram-se esta sexta-feira para discutir os primeiros cenários que podem levar à formação do próximo Governo timorense, mas sem resultados conclusivos.

O encontro desta sexta-feira correu muito bem e serve de base para o futuro. Estamos a falar com sentido de responsabilidade. O PD veio sem nenhumas exigências, com uma posição razoável e querendo ouvir ideias da Fretilin”, disse aos jornalistas Mari Alkatiri, secretário-geral da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) depois da reunião.

Mariano Sabino, presidente do Partido Democrático (PD) – que controla sete lugares no novo parlamento que tomará posse este mês – afirmou que se tratou de uma “primeira reunião para dialogar, analisar a situação e estudar modalidades para a formação de Governo”.

Questionado sobre se o PD fará ou não parte do executivo, em coligação, Sabino foi evasivo, afirmando que o assunto será discutido internamente pelo partido sempre “apostando na estabilidade e no respeito pela constituição”.

Mari Alkatiri voltou a excluir qualquer cenário que não seja o de um Governo liderado pela Fretilin, rejeitando cenários em que o segundo partido mais votado, o Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT) poderia formar Governo.

“Não vale a pena pensarem que a Fretilin não vai conseguir formar governo, que o CNR é que vai formar. A Fretilin vai formar Governo“, afirmou Alkatiri. Apesar das duas partes confirmarem que se vão voltar a reunir ainda não está marcada essa nova ronda de contactos.

No encontro, Mari Alkatiri, secretário-geral da Fretilin, liderou a delegação do partido de que fizeram ainda parte, entre outros, o secretário-geral adjunto, José Reis, o vice-presidente Francisco Branco, a secretária-geral da organização da mulher do partido, Merita Alves e o segundo adjunto Flávio Silva.

A delegação do PD – foi a quarta força mais votada e tem sete lugares no novo parlamento – foi liderada pelo presidente do partido, Mariano Sabino e incluía o secretário-geral António da Conceição e o presidente e vice-presidente do Conselho Político Nacional, respetivamente Adriano do Nascimento e Lurdes Bessa (são ainda deputados). Faziam ainda parte da delegação Arcanjo Leite, vice-secretário-geral, e Rui Meneses, secretário executivo.

A Fretilin iniciou na quarta-feira, com uma delegação da segunda força mais votada, o Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT), uma ronda de contactos no intuito de formar Governo. Xanana Gusmão, presidente do CNRT, esteve ausente do encontro – até ao momento ainda não falou sequer com Mari Alkatiri – e a delegação do partido saiu da reunião com a Fretilin comprometendo-se a tomar decisões na cúpula do partido.

Na quinta-feira foi a vez do encontro com a delegação do Partido Libertação Popular (PLP), liderada por Taur Matan Ruak que garantiu que o partido não fará parte de qualquer coligação de Governo, disse que cabe à Fretilin formar o executivo e rejeitou a possibilidade de eleições antecipadas.

A ronda de contactos termina na manhã de sábado com um encontro com uma delegação do Kmanek Haburas Unidade Nacional Timor Oan (KHUNTO), que elegeu cinco deputados.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site