Panteão Nacional

Turismo de Lisboa organizou jantar no Panteão quando Costa era presidente da câmara

2.256

Presidente da Turismo de Lisboa em 2013 confirma jantar no Panteão quando António Costa era presidente da câmara. Mas iliba responsabilidades ao PM. Gabinete de Costa diz que "desconhecia" jantar.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Continua o caso dos jantares no Panteão Nacional. De acordo com a CMTV, em setembro de 2013 terá havido naquele monumento nacional um jantar organizado pela Associação de Turismo de Lisboa destinado à promoção do Fado. Acontece que nessa altura o presidente da câmara era o atual primeiro-ministro, António Costa, que era também, por inerência, presidente dessa associação de turismo da capital. Costa nega conhecimento, e diretor-geral da Turismo de Lisboa na altura confirma jantar e confirma que “António Costa não foi consultado nem teve conhecimento”.

Questionado pelo Observador, o gabinete do primeiro-ministro afirma que “António Costa enquanto presidente da câmara não promoveu nenhum jantar no Panteão, desconhecia qualquer jantar, e é totalmente falso que tenha promovido qualquer jantar”. No rescaldo da polémica que se instalou este sábado por causa do jantar de empresários associados à Web Summit, António Costa demarcou-se de responsabilidades e disse que a realização de eventos naquele espaço era “absolutamente indigno” e “ofensivo”.

De acordo com a CMTV, o jantar em questão, para dar visibilidade ao fado, realizou-se no dia 11 de setembro de 2013, tendo participado dezenas de pessoas de várias nacionalidades, como personalidades da Rússia, Polónia ou Roménia.

Entretanto, no Facebook, o então presidente da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, confirmou a realização do evento em 2013, mas afastou qualquer responsabilidade do então presidente da câmara. “Os presidentes da CML que têm presidido à ATL não são estatutariamente executivos e, por isso, não se pronunciam nem conhecem, nem têm que se pronunciar, sobre programas concretos destes milhares de ações”, escreveu. Mais: “O dr. António Costa não foi consultado e não teve conhecimento, nem tinha que ter, de um jantar organizado pela ATL em 2013 no Panteão no âmbito de uma ação promocional de rotina”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rdinis@observador.pt
Panteão Nacional

O sacrossanto panteão de Santa Engrácia

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
1.513

Se a república é laica, porque se apropriou de uma antiga igreja católica para seu panteão nacional? O laicismo não é capaz de arranjar um espaço próprio, onde sepultar os seus próceres?

Serviço Nacional de Saúde

Modernices

Luis Carvalho Rodrigues

O problema não é a comida e sim que nos queiram obrigar a comê-la. Obrigar-nos da mesma maneira e com o mesmo argumento com que se obrigam as crianças: “é para teu bem”. 

Eutanásia

Eutanásia: uma falsa compaixão

João Muñoz de Oliveira

Todos sabemos que a vida não nos pertence por completo: foi-nos dada pelos nossos pais como um dom, pelo que não temos domínio absoluto sobre ela. E este ponto reforça os argumentos contra a eutanásia

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site