Web Summit

Durante a Web Summit houve um aumento nas compras e nos levantamentos no multibanco

O número de compras e de levantamentos no multibanco em Lisboa na semana em que se realizou a cimeira de tecnologia Web Summit, entre 4 e 9 de novembro, aumentou face a 2016.

Durante a Web Summit as compras e levantamentos aumentaram em Lisboa.

MÁRIO CRUZ/LUSA

O número de compras e de levantamentos no multibanco em Lisboa na semana em que se realizou a cimeira de tecnologia Web Summit, entre 4 e 9 de novembro, aumentou 56% e 11% face a 2016, respetivamente.

Numa resposta escrita enviada esta sexta-feira à agência Lusa, a SIBS informa que, entre a meia-noite de 4 de novembro e as 20:00 de 9 de novembro se registou um “aumento de 56% no número de compras e de 11% no número de levantamentos face ao período homólogo” nas redes multibanco e ATM Express por si geridas no distrito de Lisboa.

A SIBS destaca que “os visitantes oriundos de França foram os que efetuaram mais compras e levantamentos”, representando 14,3% do total. Seguiram-se os visitantes do Reino Unido (13,2%), Estados Unidos (8,1%), Alemanha (6,4%) e Espanha (6,3%).

Acresce que, do total de compras com cartões estrangeiros, 45% foram realizadas em restauração e supermercados, equivalentes a 33% e a 11,6% do total, respetivamente. Os pagamentos no alojamento, transportes e moda representaram 10,2%, 9% e 7,8% do total, por esta ordem.

Segundo a organização da Web Summit, nesta segunda edição do evento em Portugal participaram 59.115 pessoas de 170 países.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa por três anos, com possibilidade de mais dois de permanência na capital portuguesa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Web Summit

O absurdo não mata (mas mói)

Jorge Barreto Xavier
298

Afinal, segundo o ministro da Cultura, o grande problema do indigno jantar da Web Summit no Panteão Nacional, autorizado pela DGPC em 2017 foi: o preço... baixo.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site