Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os resultados líquidos consolidados do Montepio fixaram-se em 35,5 milhões de euros durante o primeiro trimestre de 2014, de acordo com o comunicado enviado pela instituição financeira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). No mesmo período de 2013, o Montepio tinha registado prejuízos de 15,8 milhões de euros.

Uma parte esta evolução deve-se ao contributo positivo da margem financeira que cresceu 59,5% e subiu para 81,9 milhões de euros. O produto bancário totalizou 307,6 milhões de euros, “um acréscimo de 214,8 milhões de euros” em comparação com os três primeiros meses de 2013.

Sobre a solvabilidade do Montepio, o comunicado adianta que os respectivos indicadores se situam acima dos níveis exigidos sob os vários critérios exigidos e assinala ter havido uma redução da exposição junto do Banco Central Europeu em 455 milhões de euros, face ao trimestre anterior.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR