O clima económico e a confiança dos consumidores registaram melhorias em maio de 2014, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O indicador de confiança prosseguiu o movimento ascendente que arrancou no início de 2013 e posicionou-se, em maio, no valor mais elevado desde novembro de 2009. Para este comportamento, explicou o INE, os contributos mais decisivos resultaram da melhoria das perspetivas sobre a evolução da situação económica do país e sobre a situação financeira dos agregados familiares.

confianca_economica

Quanto ao clima económico, a instituição refere que o indicador de confiança da indústria transformadora “aumentou de forma ténue” em maio, em resultado do “contributo positivo das opiniões sobre a procura global”. Na construção e obras públicas, o ambiente de confiança degradou-se nos dois últimos meses, embora de forma ligeira em maio, “interrompendo o movimento ascendente apresentado desde agosto de 2012”.

clima_economicoNo comércio, o indicador de confiança estabilizou e nos serviços recuperou, retomando o “acentuado” perfil de subida que se registou desde o final de 2012.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR