Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os mais idosos, ou seja, os reformados que viram as suas pensões cortadas nos últimos anos, castigaram os partidos do Governo, PSD-CDS, e reforçaram a votação no PS, a avaliar pela amostra dos cinco concelhos mais envelhecidos do país. Mesmo assim, em dois casos a Aliança Portugal ficou à frente do PS, apesar da percentagem de votos nos dois partidos da direita ter caído relativamente às legislativas de 2011 e a dos socialistas ter crescido.

Os concelhos mais envelhecidos são Vila Velha de Ródão, seguido de Alcoutim, Pampilhosa da Serra, Penamacor e Oleiros, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos a 2012.

Alcoutim e Penamacor, que em Junho de 2011 deram vitória ao PSD (que concorreu sozinho), viraram à esquerda nestas eleições. No primeiro caso, o PS (45,3%) ganhou com 16 pontos de avanço em relação à coligação dos partidos do Governo e, no segundo caso, com 23 pontos (Aliança Portugal ficou pelos 25,8). Aliás, trata-se do concelho de onde é natural o secretário-geral do PS, António José Seguro.

Vila Velha de Rodão, que já votara PS nas legislativas, reforçou a tendência (o PS subiu 10 pontos em relação a essas eleições, passando de 44,1% para 54,4%) e castigou o PSD-CDS (em 2011, PSD e CDS somados tiveram 41,2% dos votos agora em aliança não foram além dos 22,6%).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em Pampilhosa da Serra e Oleiros, o PSD ficou à frente nas legislativas de 2011 e a coligação Aliança Portugal conseguiu também o mesmo posto nestas eleições europeias, Mas olhando em detalhe para as percentagens conclui-se que a expressão eleitoral dos partidos do Governo, nestas vitórias, foi menor do que a expressão somada das legislativas em que concorreram em separado.

Em Pampilhosa da Serra, a Aliança Portugal teve 39,6% dos votos (quando em 2011 PSD e CDS somaram 58,3%) e o PS, embora sempre em segundo lugar, reforçou a votação dos 31,6% (2011) para os 34,3%. Também em Oleiros se passou o mesmo. Nas legislativas de 2011, os partidos do Governo obtiveram 71% dos votos, contra 19% do PS. E, agora, a Aliança Portugal ficou com 53,1% enquanto o PS, embora atrás, subiu de 19% (em 2011) para 22,7%.

Em cada um destes cinco concelhos, a taxa de abstenção foi menor do que a média nacional (66,2%).

Nos estudos de opinião que foi desenvolvendo desde as eleições autárquicas de Setembro de 2013, o PSD percebeu que tinha um problema entre o eleitorado mais idoso. Segundo informações recolhidas junto da direção do partido, os eleitores mais zangados com os partidos do Governo eram os reformados e os funcionários públicos.

Esta quarta-feira à noite, o PSD reúne-se em reunião do conselho nacional para debater o resultado das europeias, em que a coligação com o CDS obteve 27,7%, enquanto o PS ficou com 31,7% dos votos. Em termos de mandatos, a coligação ficou com sete mandatos (quando elegeu em separado dez, em 2009) e o PS subiu de oito para nove mandatos.

deputadosPE