Com o aumento do fluxo turístico e o campeonato mundial de futebol que se realiza no Qatar em 2022, o Centro Cultural Islâmico do país decidiu preparar uma campanha, a ser lançada nas redes sociais, para ensinar aos turistas como se devem vestir durante a estadia.

Através da campanha “Mostra o teu respeito”, que será promovida através do Twitter e do Instagram, o país espera que os turistas sigam os costumes locais e que deixem as roupas mais atrevidas em casa. Fatos-de-banho e roupa de praia são permitidos nas piscinas dos hóteis mas em locais públicos os turistas têm de tapar os ombros e os joelhos. Calções e tops são proibidos, e as leggings não substituem as calças. Segundo as leis nacionais, cantar em público, dizer asneiras ou fazer gestos obscenos pode resultar em seis meses de prisão.

Uma porta-voz da campanha disse que a mesma surgiu devido ao crescente número de estrangeiros que violam os costume e leis do Qatar, ao andar em locais públicos com roupa inapropriada. Durante a  campanha, que será lançada a 20 de junho, antes do início do Ramadão, grupos de mulheres e crianças distribuirão panfletos nos aeroportos com as indicações em inglês e árabe.