Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Norte:

Os bracarenses vão estar de nariz virado para o céu. A culpa é do II Festival Aéreo São João de Braga, que se realiza no domingo, às 14h, no Aeródromo de Palmeira. O espetáculo, integrado na programação das Festas de São João de Braga, vai oferecer, até às 18h30, uma tarde dedicada à prática aeronáutica, com os melhores pilotos de acrobacia. Há saltos de precisão em paraquedas, exibição acrobática com aviões históricos e acrobacias com aviões experimentais pela “patrulha fantasma”. Para o final, estão reservados os batismos de voo, abertos ao público.

Este fim desemana há Festa da Caricatura, para marcar a inauguração da exposição do 16º PortoCartoon, no Museu Nacional da Imprensa, no Porto. Entre os 500 trabalhos expostos, destaque para o vencedor do Grande Prémio, o colombiano Diego Herrera, com o cartoon “Plastic Bottles” (garrafas de plástico). A exposição, que este ano teve como tema “Água Viva/Terra Viva”, pode ser visitada entre 23 de junho e 30 de dezembro, mas sábado e domingo há muita atividades gratuitas para aproveitar na Baixa do Porto. Sábado, às 11h30, é inaugurada a Rua do PortoCartoon, na Rua das Flores. Se sempre quis ter uma caricatura sua, feita por cartunistas de renome, não vai querer perder a Festa da Caricatura, sábado e domingo, entre as 15h e as 19h, na Estação de São Bento.

Sábado é também dia de inaugurações simultâneas em Miguel Bombarda. A partir das 16h00, veja as lojas e as galerias de arte do quarteirão de Miguel Bombarda, no centro do Porto, com as suas novas exposições e colecções. Como já é habitual, em associação com os galeristas e lojistas, promovem-se espectáculos de rua, performances, DJ´s, concertos, comes e bebes, entre outros.

Esta sexta-feira começam os concertos gratuitos na Avenida dos Aliados, em frente à Câmara Municipal do Porto. Os Azeitonas são os primeiros a subir ao palco, às 22h00. Sábado, também às 22h00, é a vez dos GNR, de Rui Reininho, mostrarem à sua cidade do que ainda são capazes. No domingo, 22 de junho, às 21h, o fado fazer-se ouvir pela voz de Ana Moura.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ainda na sexta-feira, às 21h30, a Casa da Música recebe uma homenagem a José Mário Branco. O concerto, intitulado “… De Certa Maneira” conta com a participação de JP Simões, Batida, AF Diaphra, Manuel Pinheiro, Chullage, Guta Naki, Marfa, Miguel Pedro e António Rafael, Ermo, Gambozinos e João Grosso. Para além da música, o espetáculo abre com uma montagem de imagens inspiradas em José Mário Branco e encerra com uma leitura feita por João Grosso do texto “FMI”. Os bilhetes custam 15 euros.

 

Centro:

Já está a decorrer, em Aveiro, mais uma edição do Festim – festival intermunicipal de músicas do mundo. Sexta e sábado, o ambiente festivo e alegre de Bollywood mostra-se no Cineteatro Alba e no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, respetivamente. A música indiana chega-nos através do grupo Bollywood Masala Orchestra, às 22h00. Bilhetes a partir de seis euros.

Que tal uma ida ao cinema? A nossa sugestão vai para o filme “O Homem Duplicado“, que estreou esta quinta-feira nas salas nacionais. Trata-se de uma adaptação cinematográfica do romance O Homem Duplicado, de José Saramago, feita pelo realizador canadiano Denis Villeneuve, reconhecido pelo trabalho em “Incendies – A Mulher que Canta”. No filme, Adam (Jake Gyllenhaal) é um instável professor universitário que vive refém de uma monótona rotina diária. Uma noite, enquanto vê um filme, descobre a existência de um ator exatamente igual a si.

Domingo, às 23h, meio país vai estar colado à televisão para ver a seleção nacional de futebol defrontar os Estados Unidos. Depois da derrota por 4 – 0 contra a Alemanha, é imperativo vencer o segundo jogo da fase de grupos, se Portugal quiser passar para os oitavos de final. Organize uma churrascada em casa, junte-se no café mais próximo ou vá assistir à partida num dos ecrãs gigantes existentes, por exemplo, no Largo da Praça do Peixe, em Aveiro, na Praça da República, em Coimbra, no Estádio Municipal de Leiria ou na Praça da República, em Tomar. Mais do que futebol, este pode também ser um momento de festa e convívio.

 

Sul:

Lisboa vai estar com os olhos em bico, sábado entre as 16h e as 22h. Está de volta aos Jardins de Belém a Festa do Japão e, com ela, várias expressões da cultura japonesa, quer tradicional quer pop, através de demonstrações de Ikebana, Shodo (caligrafia), artes marciais, poesia Haiku, Origami, Furoshiki (técnica de embrulho), brinquedos japoneses, como vestir Yukata (o kimono de Verão), Cosplay (expressão da cultura pop), concursos, exposições de Bonsai, tendas de gastronomia japonesa (para venda de sushi, carê udon, takoyaki, dorayaki – doce de soja, sakê, cerveja japonesa etc.). Para além das atividades habituais, vão estar presentes quatro grupos musicais do Japão, entre os quais o Animemumo, que faz interpretação de músicas da banda desenhada japonesa. A entrada é livre.

O Lisboa Mistura já anda por aí. Sexta-feira, o Castelo de S. Jorge vai comemorar os 80 anos do saxofonista natural do antigo Zaire, Manu Dibango, referência do afrobeat e do afrofunk que criou, em 1972, o tema “Soul Makossa”, interpretado por Michael Jackson ou Rihanna. A fechar os concertos no Castelo de São Jorge, sábado às 22h, a festa é da fanfarra franco-magrebina Fanfaraï. Os bilhetes custam oito euros.

O verão chega este sábado, às 10h51 da manhã. Para comemorar, a marca de gelados Olá, em parceria com a EDP e aTSF, organizam no Terreiro do Paço, entre as 10h00 e as 12h, uma festa para a pequenada. Para além da oferta de gelados e pipocas, o espaço vai ter insufláveis, música e pinturas para as crianças. A entrada é gratuita.

Para desgosto de alguns lojistas da Avenida da Liberdade, em Lisboa, o “Mega Pic-Nic” vai mesmo trazer o campo ao centro da cidade. Os animais e as plantas mostram-se a partir das 10h00. A grande atração do dia, que dá pelo nome de Tony Carreira, sobe ao palco às 19h00 para um concerto que já é um clássico deste evento. Leve uma toalha de piquenique, protetor solar e passe um dia – ou uns minutos – diferente.

Saudades de ver o Jardim do Campo Grande, em Lisboa, cheio de barquinhos? Então não deixe de passar por lá este sábado, a partir das 15h. Poderão assistir a uma corrida emocionante – afinal, estamos a falar de barquinhos a remo num lago com 80 centimetros de profundidade. Organizada por Fernando Alvim, a 2ª Grande Regata de Barquinhos a Remos é aberta a todos os que quiserem participar. A entrada é gratuita.