Rádio Observador

Turismo

O Hotel dos Divórcios chegou aos Estados Unidos

164

Pode passar a lua-de-mel no The Gideon Putnam Resort, em Nova Iorque, mas a mais recente aposta é na lua de fel. Entre massagens e SPA, no final sai com o divórcio assinado.

Neste hotel é possível casar, divorciar e até comprar pacotes especiais para "reacender o amor"

©D.R.

Parece um postal. Tanto que há muitos casais a escolher o hotel The Gideon Putnam Resort, em Nova Iorque, para um casamento romântico. No entanto, e porque o número de divórcios não tem parado de crescer, o idílico resort vai apostar num novo negócio: um pacote para quem se quer divorciar.

A empresa responsável por levar os casais, não numa lua-de-mel, mas numa espécie de lua de fel, é holandesa e já instalou o programa “Divorce Hotel” em alguns hotéis nos Países Baixos. A estreia nos Estados Unidos acontece a 25 de setembro e a ideia é proporcionar, aos casais que se querem divorciar, três dias de reflexão e sossego.

Ou seja, o casal entra na sexta-feira e, entre massagens e SPA, sai no domingo com os papéis do divórcio assinados, graças à ajuda de uma equipa de advogados e outros profissionais úteis na altura de partir tudo em duas metades. O fim de semana de separação custa 5.000 dólares, cerca de 3.850 euros, de acordo com o New York Post, inclui dois quartos separados e a ajuda dos mediadores responsáveis por tratar da burocracia.

“Depois de assinarem, está tudo tratado e nós enviamos os papéis para um juiz que apenas coloca um carimbo que oficializa o processo”, explicou ao jornal nova-iorquino Jim Halfens, fundador da empresa “Divorce Hotel”.

Mas nem só os noivos e os quase divorciados merecem especial atenção do The Gideon Putnam Resort. O hotel nova-iorquino também tem um pacote especial para os casais que estão com dúvidas sobre o futuro da relação. Para isso criaram o “Rekindle the Romance“, (reacender o amor, em português).

Os casais portugueses não podem começar já a fazer as malas e a marcar a viagem. Por constrangimentos legais, apenas pessoas com a nacionalidade holandesa e americana podem recorrer ao Divorce Hotel da Holanda e dos Estados Unidos, respetivamente.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)