A mineira australiana Triton Minerals afirma ter descoberto o maior depósito do mundo de grafite na região de monte Nicanda, na província moçambicana de Cabo Delgado, que conterá mais de 115,9 milhões de toneladas deste mineral.

Segundo um comunicado divulgado no sítio eletrónico da empresa, em apenas seis meses as atividades de prospeção e pesquisa realizadas nesta bloco, que está incorporado no projeto Balama Norte, confirmaram o seu “potencial de classe mundial” tendo, além das reservas de grafite, sido descobertas 3,93 milhões de toneladas de óxido de vanádio. “A Trinton está agora a um passo de se tornar líder de mercado, com grafite a baixo custo e a possibilidade de se tornar produtora de vanádio”, assinalou o diretor da empresa, Brad Boyle, citado na nota de imprensa.

Com dois projetos em curso na província de Cabo Delgado (norte) – Balama Norte e Ancuabe -, a mineira australiana tem vindo a anunciar importantes descobertas nos cerca de 30 furos de prospeção que já realizou em ambas as áreas, que são próximas a uma concessão da Syrah Resources, já com atividades de exploração de grafite.

Entre os 20 acionistas da Triton Minerals estão o Citicorp Nominees PTY Limited (23,8%), do grupo financeiro Citigroup, e o JP Morgan Nominees Australia Limited (3,11%), do JP Morgan.