O ator norte-americano John Malkovich recebeu neste sábado, em Lisboa, das mãos do vice-presidente da Câmara Municipal da capital, Fernando Medina, a Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro, distinção que considerou uma “grande honra”. “Obrigado. É uma grande honra para mim”, afirmou o ator, aproveitando também para agradecer a quem se deslocou hoje à Fundação Calouste Gulbenkian para assistir à primeira projeção pública de “As Variações de Casanova”, de Michael Sturminger, no qual interpreta o papel de Giacomo Casanova. O filme, que foi totalmente rodado em Portugal, é exibido no âmbito do Lisbon & Estoril Film Fest.

O vice-presidente da Câmara de Lisboa recordou a relação, “há muitos anos e prolongada”, de John Malkovich com a cidade, “que começou no cinema e onde acabou também por tornar-se empresário”. John Malkovich fez parte do elenco de três dos filmes de Manoel de Oliveira – “O Convento”, “Filme Falado” e “Vou para Casa”, participou ainda em “As linhas de Wellington”, de Valeria Sarmiento – também rodado em Portugal -, e é sócio da discoteca Lux e do restaurante Bica do Sapato, ambos em Lisboa.

No final de outubro a autarquia de Lisboa aprovou por unanimidade a atribuição da medalha municipal, proposta pela vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto.

Fernando Medina recordou as declarações de John Malkovich numa entrevista, na qual o ator expressou o seu amor por Lisboa, aproveitando para lhe dizer que Lisboa também gosta dele, “não da mesma maneira de “Ligações Perigosas’ [filme de Stephen Frears, protagonizado pelo ator], mas como amigos”. No final de outubro a autarquia de Lisboa aprovou por unanimidade a atribuição da medalha municipal, proposta pela vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto. A vereadora justificou a homenagem pelo envolvimento de John Malkovich com o cinema português, através do qual “estabelece e aprofunda a sua ligação afetiva com Lisboa e com o país”.

Na cerimónia estiveram presentes outros convidados do festival de cinema, como o criador de moda Emanuel Ungaro, o realizador Wes Anderson, o ator Williem Dafoe e a artista multidisciplinar Laurie Anderson, atores portugueses, como Victória Guerra, Alexandra Lencastre e Filipe Vargas, o antigo primeiro-ministro António Guterres, a presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Helena Roseta, a vereadora da cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, e a diretora da Fundação Calouste Gulbenkian, Teresa Patrício Gouveia, entre outros.

O Lisbon & Estoril Film Festival termina no dia 16, contando com vários filmes premiados, a exibir em antestreia, com retrospetivas, como a que é dedicada a Maria de Medeiros, com uma peça de teatro, escrita por Peter Handke, e com um concerto de Arto Lindsay. Um dos eventos do festival será um simpósio internacional, de 14 a 16 de novembro, sobre vigilância, segurança, pirataria informática e media.