503kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Portugal faz o vídeo da semana da Vimeo

Este artigo tem mais de 5 anos

"Portugal, o lado selvagem", de Daniel Pinheiro, mostra várias paisagens do nosso país e algumas das espécies que por cá se podem encontrar.

3 fotos

Um camaleão a caminhar lentamente num tronco, uma abetarda a preparar-se para uma demonstração ou um saca-rabos que cruza a paisagem. Espécies que vivem num país onde se encontram montanhas, planícies e praias de perder de vista. Pormenores do lado selvagem português que esta semana foram distinguidas pela The Awardeo Company. Os prémios que reconhecem o talento e esforço dos melhores produtores no Vimeo distinguiram, esta semana, o português Daniel Pinheiro com o filme “Portugal, the wild side” (“Portugal, o lado selvagem”).

Neste vídeo, o fotógrafo de natureza e realizador de documentários inclui cenas de quatro anos de trabalho, incluindo três documentários: “O Cante da Terra” (2013) – que mostra a biodiversidade de Neves Corvo e a relação com o homem, “Entre o céu e as marés” (2012) – que retrata a vida das aves que vivem no estuário do Sado e a influência das marés e “Mondego” (2011) – uma viagem da serra da Estrela ao oceano Atlântico pelo curso do rio.

Mais recentemente participou na produção de cinco episódios de “Wild Untamed Brazil” (“Brasil Selvagem Indomável”), uma série do canal National Geographic.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.