Por cá já vivemos o ano novo há quase um mês, na China começa dia 19 fevereiro o novo ano, o da cabra – quem acredita espera um ano cheio de carinho, paz e harmonia. Na China, a cabra é o símbolo da arte e, em Portugal, é com arte que se vai celebrar sob a forma de Circo Acrobático de Hunan. O grupo atua, com o alto patrocínio da Embaixada da República Popular da China, no dia 21 de fevereiro no Meo Arena.

Só será dois dias depois do ano novo, porque na noite de 19 estarão a fazer um espetáculo privado para o Embaixador e para os membros do corpo diplomático. Esta é mais uma iniciativa da China de forma a aproximar-se de Portugal através do intercâmbio cultural.

O espetáculo foi criado com base nas artes milenares chinesas, homenageando a dança e as guerras do país e encarnando cada personagem deuses e demónios presentes em antigas lendas do país.

Na noite de 21 de fevereiro estarão em palco 26 acrobatas de uma companhia fundada em 1959, em Hunan, no sul da China. O espetáculo já esteve em cena em mais de 50 países e conta com diversos prémios, entre eles o Silver Clown em Monte Carlo. Em Portugal custará entre 15 e 30€ e tem hora marcada para as 21h.