A secretária da Cultura, Turismo e Transportes da Madeira, Conceição Estudante, informou esta terça-feira, no Funchal, que o Governo regional investiu 280 mil euros nas festas de Carnaval deste ano e prevê uma taxa de ocupação hoteleira na ordem dos 71%.

Numa conferência destinada a apresentar o programa das festividades, Conceição Estudante revelou, ainda, que a preparação do carnaval na Madeira envolve diretamente cerca de 4000 mil pessoas, oriundas de várias instituições, das quais 1143 vão participar no cortejo alegórico do sábado, 14 de fevereiro, que é um dos pontos altos da quadra.

O mote de abertura do Carnaval na Madeira será dado já este fim de semana, com a Festa dos Compadres, em Santana, no norte da ilha, mas o programa oficial só arranca no dia 11 de fevereiro, estendendo-se até ao dia 18 do mesmo mês.

Durante aquela a semana haverá, diariamente, atividades recreativas na baixa do Funchal alusivas à época, sendo de destacar, no dia 13, o desfile e festa de carnaval das crianças e o carnaval solidário, organizado pela Associação de Desenvolvimento do Funchal.

No sábado, 14 de fevereiro, nove grupos vão desfilar no maior e mais emblemático cortejo do carnaval madeirense, ao longo das avenidas marginais da cidade (Avenida Sá Carneiro e a Avenida do Mar).

Na terça-feira, 17 de fevereiro, dia de Carnaval, o destaque vai para o Cortejo Trapalhão, considerado o que melhor espelha o espírito carnavalesco dos madeirenses e onde a participação é livre.

Este ano, o Carnaval da Madeira está subordinado ao tema “Magia da Luz”.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR