É conhecida por Adelaide na série “American Horror Story”, mas o nome que deve memorizar é Jamie Brewer. Trata-se da primeira modelo com Síndrome de Down a desfilar nas passarelas de Nova Iorque por altura da Semana da Moda.

Brewer desfilou na quinta-feira com um modelo preto assinado pela estilista Carrie Hammer. Aos jornalistas, já depois do desfile, a também ativista da comunidade com Síndrome de Down, deixou a seguinte mensagem:

“Os jovens vão ver-me e dizer: se ela é capaz, eu também sou! É uma grande inspiração ser uma modelo para todas as jovens e encorajá-las a ser quem são e a mostrar quem são”, disse

Não é a primeira vez que a estilista Carrie Hammer escolhe modelos “reais” nos seus desfiles. Faz parte de uma campanha que a estilista lançou no ano passado, a “Role Models not Runway Models”, cujo objetivo é quebrar estereótipos. No ano passado, segundo a SIC, Hammer levou  pela primeira vez uma pessoa com deficiência à passarela. A psicóloga de 35 anos, Danielle Sheypuk, desfilou de cadeira de rodas.