O Reservatório de Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos, está a ser coberto por 96 milhões de bolas de plástico pretas. A cidade norte-americana (como quase todo o estado) atravessa um período de seca por falta de chuva, mas estas esferas podem atenuar a situação: ao desviar os raios ultravioleta, as bolas pretas evitam que a água aqueça e acabe por evaporar, explica o Huffington Post.

A operação dura há alguns meses e está a ser patrocinada pelo Departamento de Água e Energia de Los Angeles (LADWP). E os objetivos, explica o presidente da Câmara, são vários:

  1. Proteger dos raios solares os 300 milhões de galões de água que estão armazenados no reservatório californiano. Desta forma, a água não evapora.
  2. Evitar que os raios provoquem reações químicas com os iões de bromite e os átomos de cloro existentes na água, o que poderia criar propriedades cancerígenas.
  3. Afastar os animais selvagens que poderiam contaminar a água do reservatório e evitar que as poeiras deslocadas pelo vento assentem na água e impossibilitar a formação de algas.

A invenção do departamento é também uma alternativa económica: cada esfera de plástico preto custa apenas 36 cêntimos e não exige manutenção depois de serem lançados à água através de camiões de transporte. “À medida que fazemos atualizações, tentamos ser sábios e práticos nos nossos investimentos. As bolas são uma forma acessível e eficaz de cumprir os regulamentos e ajudam-nos a continuar a oferecer a melhor água potável aos nossos clientes”, disse Marcie Edwards, gestor da LADWP.