O vice-campeão europeu Marcos Freitas subiu ao sétimo lugar da hierarquia mundial de ténis de mesa, o seu melhor ranking de sempre e um lugar nunca atingido por outro português.

A Federação Internacional divulgou a hierarquia do mês de novembro que mostra a troca de posição com o alemão Timo Boll, situação que ditou ainda a subida do madeirense ao segundo lugar da classificação Europeia.

Freitas soma agora 2.734 pontos em classificação comandada por um trio chinês, Ma Long (3.199), Fan Zhendong (3.145) e Xu Xin (3.099), enquanto o melhor europeu é o alemão Dimitrij Ovtcharov (2.978), que há um mês o bateu na final de Ecaterimburgo, na Rússia, conquistando o bicampeonato europeu.

Tiago Apolónia, bronze no Europeu, caiu dois lugares e é agora o 24.º, João Monteiro baixou um posto para o 39.º e João Geraldo manteve o 96.º (é 16.º mundial sub-21 e quinto europeu).

No setor feminino, Fu Yu está caiu um lugar para a 33.ª posição, enquanto Shao Jieni entrou no Top-50, subindo quatro posições para 47.ª, sendo igualmente 11.ª mundial em sub-21, o que significa o segundo lugar europeu neste escalão.