Se lhe disséssemos para esfregar na cara um pano que tinha estado um mês no caixote do lixo, o que nos diria? “Blerghhh, que nojo”. Porque estaria cheio de bactérias que iriam entrar em contacto directo com a sua pele, certo? Então porque usa pincéis de maquilhagem que estão há um mês a acumular todo o tipo de sujidade?

Apesar de todos os avisos de que limpar os pincéis é obrigatório – há quanto tempo não os lava? Umas semanas? Ou assim de repente já não se lembra da última vez que os lavou? Uma notícia do Huffington Post confirmou que 60% das mulheres estão a lavar os seus pincéis uma vez por mês, se tanto. Não são números muito dramáticos mas — porque há sempre um mas – uma vez por mês é pouco. E há pior: 39% não lava sequer mensalmente e 22% admite nunca os lavar. Se somos tão neuróticas com a nossa pele (e compramos dezenas de cremes para tudo e mais alguma coisa) como é que continuamos a usar pincéis que não são limpos nem sabemos desde quando?

O que vive nos seus pincéis?

Em entrevista à revista Vogue americana, a dermatologista Julie Karen explicou que os pincéis acumulam bactérias, pós e sujidade que permitem o crescimento de mais e mais bactérias. Se falado assim parece tudo muito vago, as consequências são bem concretas: acne, infecções, conjuntivites, erupções cutâneas, infecções bacterianas, infecções fúngicas e até herpes – só para nomear algumas. Se calhar, anda a lutar contra um problema — acne ou sensibilidade cutânea — quando, na verdade, esse problema está simplesmente nos seus pincéis sujos.

Sucintamente falando, estamos a falar de um terreno fértil para germes. E se mistura os pincéis de base com pós, está a passar as bactérias de produto em produto e a criar, basicamente, um viveiro no seu necessaire. Uma notícia da ABC News explicou que podemos encontrar desde staphylococcus (ou estafilococos, bactérias frequentes nos adultos mas que podem levar tanto a pequenas borbulhas como a um abcesso na pele) até E. Coli que, como sabemos, são bactérias do intestino.

12571258_618698894962580_1509650050_n

“Um pincel bem estimado pode durar anos. Mas uma limpeza negligente deixa as pontas espigadas e a sujidade faz com que a própria maquilhagem não agarre bem à pele o que, por vezes, explica o porquê de uma base ficar ressequida e manchada”, explica Marta Alves. Fotografia cedida por Marta Alves.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Como e quando lavar os pincéis?

Na teoria, o ideal seria lavá-los exatamente depois de cada utilização. Tal como lavamos os pratos, os copos e os talheres – comermos com louça suja é repugnante, certo? Mas, porque a teoria nem sempre corresponde à realidade, Marta Alves, maquilhadora profissional e autora do blogue The Pink Lemonade, afirma que uma vez por semana já é o suficiente em pincéis de uso doméstico. E explica duas formas de lavar:

  • Com materiais caseiros: deve-se utilizar a água à temperatura natural – salvo os pincéis de base e de correctores que, por acumularem muita quantidade de produto, são mais difíceis de desinfectar e, neste caso, a água deve estar morna para ajudar a limpar em profundidade. O ideal será molhar as cerdas (evite o contacto com o cabo para não se degradar com a água), passar o pelo no sabonete (pode ser sabonete antibacteriano, de mãos ou, em última análise, champô), esfregar suavemente, retirar o excesso de água com uma toalha e deixar a secar deitados numa superfície.
  • Com líquidos próprios para pincéis: São boas soluções para quem usa muito os pincéis e os precisa de lavar regularmente (por exemplo, num dia pode usar uma sombra verde e , no dia seguinte, querer uma sombra nude). Estes líquidos são normalmente em spray e muito fáceis de utilizar. Encoste o pincel numa toalhita e borrife directamente sobre o pelo, fazendo movimentos circulares ou de vai-vem para limpar.

O que nunca deve fazer? Secar os pincéis com o secador. Marta Alves explica: o pelo do pincel é colado ao cabo e, posteriormente, coberto com uma faixa metálica. O calor contribui para que a cola vá derretendo ao longo do tempo e os pelos comecem a soltar-se. Outra gesto proibido: deixar os pincéis a “marinar” em água.

Na fotogaleria, veja 4 produtos próprios para limpar pincéis, recomendados pela maquilhadora.

4 fotos