Era apenas mais um dia normal de trabalho, até que um grupo de trabalhadores da construção civil, que estava a trabalhar na construção de um viaduto, deu de caras com aquela que poderá ser a maior pitão do mundo. O encontro deu-se em Paya Terubong, na ilha de Penang, na Malásia.

A Python reticulatus (pitão reticulada), encontrada na passada quinta-feira, mede oito metros e pesa 250 quilos, de acordo com Herme Herisyam, da defesa civil da Malásia, e as autoridades terão demorado 30 minutos a prender a cobra.

A confirmar-se a medida e o peso avançados, esta pitão baterá o recorde do Guinness que, desde 2011, estava entregue à pitão Medusa, que vive no Missouri, nos Estados Unidos. Essa pitão mede 7,67 metros e pesa 158 quilos. Antes da Medusa, o título estava com Fluffy, uma pitão com 7,3 metros que morreu em 2010, com 18 anos.

Ainda de acordo com o jornal The Guardian, há relatos, que remontam a 1912, de uma pitão com 10 metros.