O pianista e compositor italiano Ludovico Einaudi deu um concerto de gelar, literalmente. O concerto organizado pela associação ambientalista Greenpeace aconteceu numa plataforma flutuante semelhante a um iceberg em frente ao glaciar de Wahlenbergbreen (na região de Svalbard, na Noruega). O objetivo é dar visibilidade ao problema da redução da superfície gelada do Ártico, devido às alterações climáticas.

Ludovico Einaudi compôs uma peça em especial para a ocasião a que chamou “Elegia pelo Ártico” e viajou até à região polar a bordo do navio Arctic Sunrise, da Greenpeace.

O concerto faz parte da iniciativa “Vozes pelo Ártico”, lançada na semana em que a associação ambientalista reúne no contexto da Comissão OSPAR (Comissão Internacional para a Proteção dos Meio marinho do Atlântico Nordeste), na ilha de Tenerife, em Espanha.

O piano de Ludovico Einaudi junta-se assim, às vozes de cerca de oito milhões de pessoas em todo o mundo que se juntam à associação ambientalista no apelo pela proteção do Ártico.

https://twitter.com/MikeFincken/status/744783620963872768