O grupo financeiro Canada Life decidiu congelar os seus fundos imobiliários no Reino Unido perante os pedidos de investidores para resgatarem o dinheiro, com receio das consequências do ‘Brexit’.

O grupo canadiano explicou esta decisão pela “incerteza” em torno do “valor” dos ativos imobiliários e pela “subida recente” de pedidos de resgate.

Este é já o sexto grupo financeiro a congelar os seus fundos imobiliários esta semana, o que se relaciona com o histórico referendo de 23 de junho, no qual os eleitores do Reino Unido apoiaram a saída do país da União Europeia (UE), com 52% dos votos.