100% português

My Friend Paco: estas almofadas são boas amigas

Ainda não aqueceram o lugar mas prometem dar vida a muitas casas. As almofadas da My Friend Paco foram lançadas dia 1 de julho e juntam ilustrações bordadas à mão em Viseu ou estampadas em Lisboa.

Há quem faça listas do que procura numa cara-metade, Maria Figueiredo preferiu fazer uma lista do que procura numa marca. Sentou-se com uma folha à frente e fez a pergunta fatal: “Se a minha marca fosse uma pessoa, que características teria?” Na folha foram aparecendo vários adjetivos. “Criativa”, “exuberante”, “amiga”, “divertida”, “um bocadinho excêntrica”. Tudo somado deu um nome, nascido em Portugal mas cheio de salero: My Friend Paco.

Como os bons amigos, o Paco não precisou de muito tempo para se sentir em casa. Chegou no dia 1 de julho, sob a forma de almofadas. É Maria Figueiredo que as desenha, e para já há 18 diferentes — umas bordadas à mão em Viseu, outras estampadas em Lisboa. “O que eu gosto mesmo de fazer é de criar ilustrações e desenhos gráficos”, conta a designer de comunicação de 28 anos, que se decidiu lançar em nome próprio depois de passar pela Mambo Unlimited Ideas e pelo Roof Design Studio, onde a paixão pela decoração de interiores se acentuou.

Achei que as almofadas eram um excelente suporte para desenhar, até porque têm uma utilidade. Não são simplesmente uma ilustração para pôr na parede, são quase como amigos com quem partilhamos momentos e conversas.”

almofadas my friend paco

Maria Figueiredo encontrou uma fotografia de uma avestruz e começou a brincar com ela graficamente. O resultado foi este. Foto: My Friend Paco

Embora no futuro, e se tudo correr bem, a ideia seja ampliar a marca e fazer outros objetos de decoração, para já são as almofadas que chamam a atenção, e não é pouco. Umas têm avestruzes estampadas, outras rosas, outras ainda uma grande mão com flores e pompons nos dedos que parece acenar a quem entra numa sala, e que está também desenhada no logótipo. Todas demoram o seu tempo a fazer, e esse é outro adjetivo que podia estar na lista de qualidades da marca de Maria Figueiredo: “cuidada”.

almofada mão my friend paco

A mão aberta está presente em várias almofadas e serve também de símbolo da marca.

“Gosto do que é handmade e de dar uma certa personalidade e vida aos produtos”, diz a designer. No caso das almofadas, cada uma batizada com um nome próprio e com direito a uma pequena descrição no site da marca, nada é feito de forma massiva mas “com cuidado, trabalho e tempo”.

almofadas my frien paco lola

A almofada Lola é bordada à mão em Viseu e custa 56€. (Foto: My Friend Paco)

As almofadas bordadas à mão são naturalmente as mais caras — entre 56€ e 82€ –, e há ainda as que são estampadas em Lisboa e confecionadas no norte, a 52€. Para já são vendidas sem enchimento e apenas na loja online, mas podem ser entregues em qualquer parte do mundo. Afinal, o Paco é “criativo”, “exuberante”, “amigo”, “divertido” e “um bocadinho excêntrico”, mas também internacional.

Nome: My Friend Paco
Data: 2016
Pontos de venda: Loja online
Preços: 52€ a 82€, sem enchimento

100% português é uma rubrica dedicada a marcas nacionais que achamos que tem de conhecer.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: adferreira@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)