agenda-cultural-verao-norte

No Bosque do Choupal em Paredes, há um festival que se ergue. É o Indie Music Fest que começa esta quinta-feira e dura até sábado. Por lá vão passar cerca de 60 artistas, distribuídos por seis palcos: Paus, You Can’t Win Charlie Brown e Salto são alguns dos nomes no cartaz. Para os festivaleiros, há piscina para aproveitar os últimos banhos de sol e campismo à disposição. O passe geral custa 30 euros.

Pelo Jardim do Palácio de Cristal, no Porto, há muito para ler. A Feira do Livro do Porto começa esta sexta-feira e termina a 18 de setembro. A programação é extensa, mas há atividades para todos os gostos e idades. Na sexta-feira, a exposição “100 Tesouros da Biblioteca Pública do Porto” é inaugurada na Galeria Municipal. Já no sábado, o escritor Mário Cláudio é homenageado na Avenida das Tílias do Palácio de Cristal. O primeiro fim de semana do evento termina com alguns debates no auditório da Biblioteca Almeida Garrett. A entrada é livre.

Em Lamego acontece mais uma edição do TRC Zigur Fest. Começa esta quinta-feira e prolonga-se até domingo. A ideia continua a ser a mesma: descentralizar e levar a outros palcos o que de mais desafiante vai acontecendo na música pop rock menos ortodoxa. No festival deste ano vão estar Luís Severo, Pop Dell’ Arte, Killimanjaro ou Marvel Lima. Mas há muito mais. Aqui pode ver o programa completo.

Ainda na Invicta, no Espaço Mira, a exposição Passar o Tempo de José Almeida Pereira é inaugurada no sábado, a partir das 16h. O artista plástico teve durante alguns meses uma residência artística no Espaço Mira, cujo resultado final foi esta exposição. Através do contacto com amigos artistas, a inspiração surgiu para uma série de quadros. A exposição é apresentada como “uma composição de acasos que o artista crê revelar um discurso que teima em adiar”, ou seja, a essência de “passar o tempo”. Tem entrada livre.

Já em Braga, há uma noite com 48 horas, a partir de sexta-feira. Na Noite Branca, os concertos são um dos ingredientes principais: Carminho, Jorge Palma e Sérgio Godinho, Linda Martini e The Gift foram as escolhas para o cartaz deste ano. No entanto, para quem prefere um ambiente mais calmo, será possível visitar os museus da cidade, de dia e de noite, deliciar-se com a gastronomia de Braga, e ainda ver alguma animação de rua. Tudo com entrada livre e gratuita.

O Teatro de Vila Real recebe um ciclo de dança, a partir de sexta-feira e até 10 de setembro. Vão ser três espetáculos, sendo que o deste fim de semana é da companhia BalletNorte, da Galiza. O grupo vai apresentar LuAtlántica, uma demonstração feita a partir de três peças diferentes, que vai buscar inspiração a Portugal e a Espanha. Além do espetáculo desta semana, as outras sessões do ciclo de dança do Teatro Municipal de Vila Real acontecem a 8 e 10 de setembro. De entrada gratuita.

fim de semana

Old Jerusalem vai estar no Fundão, na sexta-feira, a partir das 22h. A iniciativa onde o concerto está integrado chama-se “Sons à Sexta” e apresenta em palco, algumas das bandas e artistas portugueses em voga no panorama musical. Desde o início do ano que o auditório da Moagem recebe todos os meses, a uma sexta-feira, um concerto de música. Depois de nomes como Pega Monstro e Fandango, o projeto de Francisco Silva — Old Jerusalem — é o próximo a subir a palco. Os bilhetes custam cinco euros.

Já na Covilhã, é a altura de deixar o ritmo acelerado do trabalho e até das cidades, se for o caso de viver numa. O Festival RAWA — Arte, Natureza, Espiritualidade e Comunidade começa esta quinta-feira e prolonga-se até domingo. Segundo a organização, o “festival tem três linhas de expressão”: a arte e Natureza, a consciência interior e o samaj (que significa “movermo-nos juntos”). Como seria de imaginar, num festival que incentiva a reflexão interior e a calma, a programação conta com aulas de yoga, meditação e gastronomia vegetariana. Para se inscrever e consultar os preços, basta ver aqui.

Em São João da Pesqueira, em Viseu, há uma Festa Pombalina, a partir desta sexta-feira e até sábado. Nesta festa, o público terá oportunidade de provar e conhecer um dos produtos mais apreciados da região do Douro: o vinho. Produtores do Porto e da região do Doura vão estar presentes para demonstrar o que de melhor fazem na área. Haverá ainda alguns debates sobre vinho, um show cooking com o chef Rui Paula e ainda um concerto de Paulo de Carvalho no sábado. De entrada livre.

Na freguesia de Lobão da Beira, em Tondela, o Lobão Fest é um evento de música e exposições que acontece no sábado. É a terceira edição do evento, que pretende trazer até ao interior alguns artistas emergentes em Portugal. A música é diversa, desde o pop, ao folk e até ao rock psicadélico. Sallim, Galo Cant’às Duas e Epilepsia Alienígena são alguns dos nomes no cartaz. O melhor de tudo é a entrada livre.

agenda-cultural-verao-sul

No Palácio de Belém, em Lisboa, na residência oficial do Presidente da República, acontece uma Festa do Livro a partir desta quinta-feira. A organização da “festa” foi feita em conjunto com as Bibliotecas de Lisboa e a APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros), mas a ideia partiu do próprio Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Além das bancas de livros, haverá conversas com escritores portugueses, projeção de um filme de Manoel de Oliveira e ainda, um concerto da fadista Cristina Branco. Pode saber mais informações neste artigo do Observador. A entrada é livre.

A discoteca Musicbox recebe no sábado, a partir das 22h30, a banda brasileira Boogarins. O rock psicadélico vai tomar conta da noite, com os quatro membros da banda a subir ao palco para interpretarem canções do álbum As Plantas Que Curam, de 2013, e o mais recente trabalho, de 2015, Manual ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos. Os bilhetes custam 12 euros.

Ainda na capital, mas na Casa Independente, no Largo do Intendente, há neste fim de semana DJ sets com entrada livre. Dinis anima o público na sexta-feira e Quim Albergaria no sábado, ambos a partir das 23h. A programação deste fim de semana marca o início da atividade da associação cultural em setembro. De entrada livre.

Em Cascais, o Mercado da Vila vai receber petiscos e cerveja, a partir desta quinta-feira. Mais de 22 produtoras de cervejas portuguesas vão estar presentes — mas, para acompanhar a bebida, a organização promete gastronomia à altura: enchidos, tacos, nachos e burritos vão confortar os estômagos. E porque nenhum evento se faz sem música, durante o fim de semana haverá espetáculos de música, a partir das 22h30.

Em Montemor-o-Novo, em Évora, Mayra Andrade vai subir ao palco da Feira da Luz com a Orquestra de Jazz de Matosinhos. A cantora cabo-verdiana, comparada muitas vezes a Cesária Évora, é uma constante nos palcos portugueses. O último trabalho da artista é de 2013, o álbum Lovely Difficult. O repertório de Mayra é um encontro da tradição com a modernidade. Com entrada livre.

Até sábado, o espetáculo de street dance estará no hotel Epic Sana Algarve em Albufeira. Desde julho, que as noites têm sido animadas com dança, de vários estilos, onde até o fado pode incentivar os ritmos e os movimentos. Da tradição à modernidade, vários bailarinos distraem os espectadores e convidam-nos a dar um pezinho de dança. O evento chama-se #PortugalEpic e juntamente com a dança, está a experiência de jantar os pratos confecionados pelo chef Luís Mourão. Os preços variam consoante o que quer usufruir.

Já em Faro, o Festival F regressa para uma terceira edição em Vila Adentro. Na sexta-feira e no sábado, vários nomes da música portuguesa vão passar pelos cincos palcos do festival: Ana Moura, GNR, Jimmy P, Mundo Segundo & Sam The Kid e Pedro Abrunhosa, são alguns dos nomes no cartaz. Os bilhetes diários custam 15 euros, já os gerais são a 25 euros.

agenda-cultural-verao-ilhas

Na Horta, ilha do Faial nos Açores, há “Momentos de Verão” para ainda desfrutar. Esta sexta-feira, a partir das 21h, um teatro de fantoches vai animar toda a família. O espetáculo chama-se “O Mercado dos Duendes” e pode-se quase antecipar que as trocas e baldrocas com estes seres, vão soltar gargalhadas. Não paga bilhete.

Pelo arquipélago da Madeira, no Funchal, o Parque de Santa Catarina recebe no sábado o Festival Sons do Mar. Os nomes que saltam à vista no cartaz são Miguel Araújo, Cuca Roseta e C4 Pedro. Numa única noite, vários géneros musicais ficam assegurados, desde o pop, ao fado e também o kizomba. Os bilhetes custam dez euros.