É uma das mais aguardadas listas vínicas e, em 2016, tem a região do Dão a encabeçar as propostas nacionais. O top 100 dos melhores vinhos para a Wine Spectator já é conhecido e entre os vinhos de vários países estão quatro portugueses. Ao contrário do que aconteceu em 2014, nenhum deles figura na lista dos 10 primeiros, mas à semelhança de 2015, Portugal volta a ter o vinho mais barato entre a centena de néctares.

Na 46º posição está o Quinta de Cabriz, colheita de 2014. O vinho do Dão, que está disponível na Garrafeira Nacional por 3,40€, é descrito por Kim Marcus, afamado editor da Wine Spectator, como tendo “sabores concentrados de cereja escura, ameixa assada e framboesa seca”.

Os restantes três vinhos são todos eles do Alto Douro Vinhateiro, que recentemente celebrou 15 anos de classificação enquanto Património Mundial. No número 50 encontra-se o Evel 2014 tinto (entre 4e 5€) da Real Companhia Velha, que em 2016 atingiu o marco de 260 anos de vida.

O Carm Reserva tinto de 2012 (12,5o€) figura na 69º posição, e é considerado “suave e rico, com um toque cremoso”. Segue-se o Lemos & van Zeller Quinta Vale D. Maria de 2013 (cerca de 70€), na 80º posição.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No primeiro lugar da lista está um vinho do Napa Valley, Lewis Cabernet Sauvignon, de 2013.

Artigo atualizado com os preços dos vinhos mencionados. O Observador tinha antes referido os valores consoante o que estava descrito na lista da Wine Spectator.