500kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Mark Zuckerberg tem um assistente virtual em casa. Chama-se "Jarvis"

Este artigo tem mais de 5 anos

O fundador do Facebook já tinha falado em criar um assistente virtual durante 2016 e, nestes últimos dias do ano, apresentou Jarvis, o sistema de inteligência artificial que criou para a própria casa.

Como resolução de ano novo, o diretor executivo do Facebook tinha decidido criar, durante o ano de 2016, um assistente virtual para o ajudar em casa. Inspirado pelo Jarvis da saga “Homem de Ferro”, Zuckerberg criou um Jarvis para a própria casa.

O assistente virtual foi apresentado através de dois vídeos no Facebook, um publicado na página do fundador da rede social e outro na página de Priscilla Chan, a mulher de Mark Zuckerberg. Desde atirar uma camisola do armário até fazer uma torrada, Jarvis controla grande parte da habitação.

O sistema usa tecnologias de reconhecimento facial e de voz, capacidades de lecionar (por exemplo, ensina Mandarim à filha de Zuckerberg) e todas as outras funções já presentes noutros assistentes: lembretes, indicação dos compromissos diários, etc. Além de controlos de voz, Jarvis pode receber comandos através de mensagens escritas.

Morgan Freeman é a voz do assistente nesta demonstração mas, como é possível ver numa brincadeira durante o vídeo, Arnold Schwarzenegger também deu voz ao projeto, apesar de ter ficado um pouco “agressivo”. Resta saber qual será a voz “oficial” do sistema.

Contudo, e para o efeito, o mais importante é o sinal do movimento imparável da Inteligência Artificial, aqui aplicada no quotidiano e com um porta-voz que não é uma pessoa qualquer: Mark Zuckerberg, o rosto do Facebook, a maior rede social do planeta com mais de mil milhões de utilizadores ativos. Todo este poder de influência é um propulsor importante da IA, e uma vontade que tem vindo a ser demonstrada pelo Facebook, ao apostar cada vez mais nesta tecnologia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.