A maioria dos portugueses vai passar uma boa parte destes últimos dias que nos separam do Natal em busca de presentes, tradicionalmente em lojas a abarrotar com as ofertas mais variadas.

Simultaneamente, eventualmente para os mais esquecidos, as televisões inundam-nos com anúncios que, não só estimulam o nosso instinto de compras – o que para a maioria nem seria necessário –, como nos indicam caminhos e empurram para soluções.

Vem isto a propósito de um anúncio da Audi, que nos leva a imaginar o que pode acontecer num interior de uma loja de brinquedos, depois de todos saírem e fecharem as portas. A história mete princesas, coches com rodas a saltar e corridas cheias de peripécias. Como convém para agradar aos mais novos. E aos pais também.