Dark Mode 112kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Bruno de Carvalho vai recandidatar-se à presidência do Sporting

Bruno de Carvalho anunciou esta quinta-feira a sua recandidatura à presidência do Sporting. O anúncio foi feito através do Facebook.

i

As eleições do Sporting estão marcadas para 4 de março de 2017

ANDRÉ KOSTERS/LUSA

As eleições do Sporting estão marcadas para 4 de março de 2017

ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Bruno de Carvalho vai recandidatar-se à presidência do Sporting. O anúncio foi feito esta quinta-feira na página pessoal de Facebook do presidente do clube de futebol, depois de realizar um “exercício de humildade retrospetiva”.

“Decidi manter a intenção — que, diga-se, em nenhum momento neguei — de me recandidatar a um novo mandato como Presidente do Sporting Clube de Portugal”, anunciou, explicando que a decisão foi tomada depois de observar “a candidatura que já se apresentou e as movimentações com vista a outros possíveis projetos”. Segundo Bruno de Carvalho, “as palavras de incentivo de milhares de Sócios e Adeptos” que ouviu nos últimos dias também pesaram na decisão.

“Faço-o em nome do Clube que eu amo de paixão e que, reafirmo, será sempre o meu para além da morte”, frisou. “Trabalhei, nos últimos 4 anos, 24 horas por dia ao serviço do Sporting CP e assim continuará a ser enquanto aqui estiver. Os próximos anos são fundamentais para consolidar tudo o que se fez nos últimos 4. Começar de novo seria um retrocesso fatal para o nosso Clube.”

Na nota, extensa, o presidente do Sporting disse que “muito há ainda por fazer”, pelo que “neste tempo de reflexão”, foi capaz de “identificar não apenas o que correu bem” mas também o que foi feito “menos bem e que carece, naturalmente, de ser melhorado”.

As eleições do Sporting estão marcadas para 4 de março de 2017. Além de Bruno de Carvalho, é também candidato à presidência do clube Pedro Madeira Rodrigues. Na apresentação da sua candidatura, na terça-feira, o ex-jogador e antigo chefe de gabinete do ministro da Economia anunciou que o seu objetivo é reerguer o clube, defendendo que o atual modelo de gestão “está esgotado”.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.