O Mini Cooper faz-se valer do tamanho adequado à vida citadina, a Nivea convence os compradores de que é uma marca de resistência e a Guinness valoriza-se apelando ao bom senso. A publicidade surgiu como uma montra necessária às marcas para se mostrarem e aos compradores para se lembrarem do que realmente precisam. Se é convincente ou não, isso depende da imaginação, do engenho e da criatividade de quem quer gritar bem alto o verdadeiro valor do que tem para vender. Estas marcas, no entanto, souberam bem usar as armas a seu favor. E fizeram-se ouvir.

Na fotogaleria vai encontrar alguns dos anúncios mais originais das marcas mais famosos do mundo. É a Orion a levar-nos até às letras pequeninas da bandeira norte-americana na Lua, é a Bergmann a fintar a morte e a FedEx a não passar despercebida na rua. Veja quinze exemplos lá em cima.