Andebol

As bodas de prata do Sporting na Europa: Taça Challenge em andebol é o 25.º título

3.673

Sporting sucede ao ABC e conquista Taça Challenge frente aos romenos Potaissa Turda, naquele que é o 25.º título europeu do clube em quatro modalidades distintas. Melhor, só mesmo o Barcelona.

Sporting venceu o Potaissa Turda por 30-24 na Roménia, depois de ter ganho na primeira mão por 37-28

MIGUEL A. LOPES/LUSA

Sete golos, 13 golos, 14 golos, oito golos, 12 golos, dois golos, cinco golos, 23 golos, nove golos, seis golos. Uma equipa que ganha todos os jogos de uma competição e que consegue estas margens de vantagem sobre os adversários não coloca grandes dúvidas em relação ao triunfo final. E foi isso que aconteceu ao Sporting nesta Taça Challenge, conquistada esta tarde na Roménia frente ao Potaissa Turda, após um triunfo por 30-24 que confirmou a vitória por 37-28 da primeira mão no Pavilhão do Ginásio do Sul. Antes, os leões tinham eliminado Romagna Handball (Itália), Pelister Bitola (Macedónia), AC Doukas (Grécia) e Hurry-Up (Holanda). Foi tudo fácil.

Para os menos conhecedores, a Taça Challenge é uma espécie de terceiro troféu do andebol europeu mas que começa a ser visto pelas equipas portugueses que lá vão parar como uma forma eficaz de alcançarem a glória internacional. Melhor exemplo do que no ano passado não há: ABC e Benfica disputaram a final a duas mãos na prova ao mesmo tempo em que decidiam o playoff do Campeonato Nacional (favorável aos minhotos nas duas competições). E, no caso do Sporting, teve uma importância especial na presente temporada.

Ao alcançar o triunfo, os leões passaram a somar 25 título europeus em quatro modalidades distintas: no futebol, ganhou a Taça dos Vencedores das Taças em 1964; no hóquei em patins, conquistou a Taça dos Clubes Campeões Europeus em 1977, a Taça das Taças em 1981, 1985 e 1991 e a Taça CERS em 1984 e 2015; no atletismo, venceu a Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato em 1977, 1979, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993 e 1994 e a Taça dos Campeões Europeus em Pista em 2000 (masculinos) e 2016 (femininos); no andebol, triunfou na Taça Challenge de 2010 e 2017. Um registo assinalável apenas superado pelo Barcelona.

Os catalães são o clube com mais títulos europeus (92) e em mais modalidades (cinco: futebol, basquetebol, andebol, hóquei em patins e futsal), bem distantes do eterno rival Real Madrid, que tem menos de metade dos troféus (36) e de modalidades (duas, futebol e basquetebol). Logo a seguir vem o Sporting, com mais duas conquistas do que o CSKA Moscovo. No entanto, a época acabará sempre com um sabor agridoce dos leões: uma vez mais, e apesar de ter ido à segunda final, a equipa de futsal não conseguiu cumprir esse sonho de ter também um título europeu.

Olhando para os outros grandes nacionais, o FC Porto soma um total de 14 troféus europeus divididos pela metade entre futebol e hóquei em patins, ao passo que o Benfica ganhou dez entre futebol, hóquei em patins e futsal.

Curiosamente, este troféu da equipa de andebol verde e branca surge numa época que poderá ser particularmente feliz para a modalidade: após a demissão do treinador Zupo Equisoain em fevereiro, os leões conseguiram estabilizar a equipa com o antigo adjunto, Hugo Canela, venceram a Taça Challenge e, em caso de triunfo na próxima quarta-feira, dia 31, frente ao Benfica, poderão quebrar um jejum no Campeonato Nacional que perdura desde 2001. O Sporting está ainda na Final Four da Taça, que se realiza no próximo fim-de-semana.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt
Futuro

As novas tecnologias e o futuro do ser humano

Maria de Sousa Pereira Coutinho

A “utopia trans-humanista” reside em se considerar o progresso como uma transformação da nossa concepção de vida e da própria “condição humana”, a fim de se obter um outro ser humano, um “homem novo".

Mundial 2018

O orgulho da Nação /premium

Paulo de Almeida Sande

Eu, português, da Nação dos lusitanos, “Estou Aqui”, sou da têmpera dos antigos Descobridores, sou do tamanho do Cristiano, o melhor do Mundo. Tenho direito a ser feliz. Façam lá o favor de ganhar.

Mundial 2018

Nem só de futebol vive a Rússia /premium

José Milhazes

No dia de abertura do Campeonato, o primeiro-ministro russo anunciou o aumento da idade da reforma de 60 para 65 para os homens e de 55 para 63 para as mulheres. E fez subir o IVA de 18 para 20%.  

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)