Líder europeu entre os veículos comerciais eléctricos, o Kangoo Z.E. conheceu recentemente uma importante evolução, sendo que iniciará já em Setembro as suas vendas no nosso país. E as primeiras boas notícias provêm da política comercial adoptada pela Renault para o modelo: por um lado, a versão com bateria alugada será proposta pelo mesmo preço da actual, ou seja, 25.547€; por outro, passa a ser possível adquirir o Kangoo Z.E. com a bateria incluída, por um acréscimo fixo de preço de 7.626€ (tabela de preços aqui).

Ao mesmo tempo, a gama continua a ser composta pelo mesmo número de versões, em que se incluem diversos tipos de carroçaria, vários níveis de equipamento e distintas opções. Abrangendo dois comprimentos exteriores (4,28 m e 4,66 m), lotação para dois ou cinco ocupantes, cabina normal ou prolongada, volume de carga entre 3,0 m3 e 4,6 m3 e carga útil de 650 kg.

Mas há, pelo menos, mais quatro importantes melhoramentos que importa conhecer no comercial eléctrico gaulês. De entre as quais três são responsáveis por um dos seus mais importantes atributos – o aumento de 50% da respectiva autonomia, que passa a ser de 270 km no ciclo NEDC, ou seja, mais 100 km do que na anterior geração.

Uma delas é a nova bateria Z.E. 33 fornecida pela LG Chem, com maior densidade energética, graças ao desenvolvimento da química das células, isento de impacto na fiabilidade, na segurança ou na carga útil. Por seu turno, o novo motor R60, de 60 cv, deriva do motor R90 do Zoe e prima pela elevada eficiência energética e gestão electrónica optimizada da bateria. Uma combinação de soluções que limita o consumo do veículo em andamento, mantendo a potência.

Novidade absoluta entre os comerciais ligeiros eléctricos é a bomba de calor ligada ao ar condicionado, que preserva a autonomia com tempo frio. Existe, inclusive, um sistema de pré-climatização que permite aquecer ou arrefecer previamente o habitáculo quando este está ligado à corrente, desde que equipado com ar condicionado. Outra vantagem do novo Kangoo Z.E. é o carregador monofásico de 7 kW de corrente alternada a 230 V e 32 Amp, que garante uma recarga completa da bateria em 6 horas numa WallBox de 7,4 kW, menos 1h30 do que anteriormente.

Uma palavra final para os novos serviços conectados, que serão progressivamente implementados durante 2017. O Easy Connect: Z.E. Trip permite localizar os 80 mil postos de carregamento públicos europeus a partir do sistema de navegação R-Link, bem como saber, em em tempo real, da sua disponibilidade, potência e compatibilidade com o automóvel. Já o Z.E. Pass é um meio de acesso e de pagamento único para a maioria dos postos de carregamento públicos da Europa, a partir de um smartphone ou de um tablet, estando já disponível na Alemanha, França, Bélgica, Suíça e Áustria, em breve podendo também ser utilizado na Grã-Bretanha, Holanda e Escandinávia.