Sete alunos do 9º ano chumbados à disciplina de Geografia pelo professor da escola, apareceram aprovados na pauta. O caso está a ser investigado pelo Ministério Público (MP) por alegados crimes relacionados com alteração de notas, avança o Jornal de Notícias.

A situação remonta ao ano letivo passado e foi denunciada pelo próprio professor da disciplina, Luís Filipe Sá, da Escola Gonçalo Sampaio na Póvoa de Lanhoso. As notas negativas de sete alunos da instituição surgiram positivas na pauta depois de passarem pelo Conselho Pedagógico, tendo mesmo um dos reprovados obtido a nota de 19 valores.

Depois de fazer queixa aos órgãos escolares e ao Ministério da Educação, Luís Filipe de Sá, contactou o MP. Afirma que as alterações foram feitas pela escola “sem o avisar e sem justificar”, e que o acusaram do teste não ter validade científica.

A mesma situação aconteceu na disciplina de inglês. A diretora da escola recusou-se a prestar declarações.