Celebridades

Anthony Hopkins diz que não fala com a filha há quase 20 anos

199

Anthony Hopkins disse, em entrevista, que não fala com a filha há quase vinte anos. Quando lhe perguntaram se já era avô, o ator disse que não fazia a menor ideia e que não queria saber.

Getty Images for Paramount Pictures

Anthony Hopkins disse que não fala com a filha há quase 20 anos e que não quer saber se ela já tem ou não filhos. O premiado ator foi mais longe e afirmou: “Não tens de gostar da tua família. Os filhos não têm de gostar dos pais. Não temos de gostar uns dos outros”.

Em entrevista ao Radio Times, o vencedor do óscar de “Melhor Ator” pela interpretação no filme “O Silêncio dos Inocentes”, falou sobre a relação com a filha, Abigail Hopkins, e disse que não fala com ela há cerca de 20 anos e que não sabe onde esta vive. Questionado sobre se já tem netos, o ator respondeu: “Não faço a menor ideia”.

As pessoas chateiam-se. As famílias dividem-se. Depois, sabes, continuas com a tua vida. As pessoas fazem escolhas. Não me importo”, disse o ator.

Na sequência destas declarações, o jornalista interpela o ator e refere que os seus comentários parecem frios, ao que Hopkins responde: “Bem, são frios. Porque a vida é fria”.

Segundo o The Sun, um amigo de Abigail diz que esta vai ficar muito magoada com os comentários do pai, mesmo depois de tantos anos de animosidade. A verdade é que, ainda de acordo com a mesma fonte, “a relação deles — ou a falta dela — teve um grande impacto na vida dela [de Abigail]”.

Em 2006, a filha de Hopkins disse em entrevista ao The Telegraph que via o pai durante a infância e a adolescência, mas apenas uma vez por ano. “É um bocadinho triste, mas tenho a minha vida”. “Sempre foi assim. Vejo-o, depois deixo de o ver”, disse, admitindo que teve problemas com drogas e com o álcool devido a uma depressão.

O ator — que raramente fala sobre a filha ou sobre o primeiro casamento, com Patronella Barker — admitiu em 2002 que tinha noção de que não era um bom pai. “Acho que sou egoísta. Não tenho sido um bom marido ou pai”, afirmou.

Abigail vive em Londres e é cantora, compositora, atriz e diretora de teatro. Quando tinha dois anos, assistiu ao divórcio dos pais, altura em que Hopkins saiu de casa. Nos anos 90, pai e filha reencontraram-se na rodagem dos filmes “Dois Estranhos, Um Destino” e “Os Despojos do Dia”, mas a reaproximação de ambos ficou por ali.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)